Especial PL: Em meio a altas cifras, Arsenal e United buscam se reerguer
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Especial PL: Em meio a altas cifras, Arsenal e United buscam se reerguer

Montagem United e Arsenal
Maguire e Pepé foram as contratações mais caras da janela de United e Arsenal, respectivamente (Arte L!)
Cayo Pereira, Igor Galletti e Leonardo Damico - 09/08/2019 - 09:00
Manchester (ING)
Na última temporada, Manchester United e Arsenal tiveram desempenhos decepcionantes. Em 2019/20, a esperança é de uma melhora em ambos os clubes, que investiram na reformulação do elenco. O L! conversou com os jornalistas Rafael Oliveira, comentarista da ESPN Brasil, e Adrian Kajumba, repórter do jornal inglês 'Daily Mail', para analisar as pretensões das equipes e seus principais destaques.

FORA DA CHAMPIONS, UM UNITED REFORMULADO BUSCA O TOPO
Maior campeão inglês, o Manchester United começa a temporada 2019/2020 novamente sob um olhar de desconfiança por parte de quem acompanha o futebol do país. Novamente sem disputar a Liga dos Campeões e em processo de reformulação, o United tem como objetivo nesta temporada voltar para a principal competição do continente e retomar os dias de glória sob o comando de Alex Ferguson, dessa vez com Ole Gunnar Solskjaer.

Sexto colocado na Premier League 18/19 e com um final de temporada melancólico, o United focou seu mercado de transferências em contratações pontuais de jovens destaques (Daniel James e Wan-Bissaka) e uma aquisição certeira para fechar o miolo de defesa (Harry Maguire).

- É uma janela discreta, do ponto de vista de mudança de patamar. Mas contratou jogadores que vão ajudar a defesa, o que vai dar uma qualificada boa, apesar dos valores exagerados, o que é realidade do mercado inglês. Existe uma tentativa de renovação, então alguns jogadores jovens estão tentando ganhar espaço - analisou o jornalista Rafael Oliveira, da ESPN.

Maguire - United
Maguire se tornou o zagueiro mais caro do mundo (Foto: Divulgação)
POGBA
No entanto, o principal reforço para o United para esta temporada pode ser a permanência de Paul Pogba na equipe. Cobiçado pelo Real Madrid, o meia francês flertou com uma saída para o time espanhol, mas até o momento, o camisa 6 permanece como jogador do Manchester United e um dos pilares ofensivos dos Diabos Vermelhos.

- Ele é uma referência apesar de ainda não ter sido o que se esperava, mas foi quem mais rendeu muito bem dentro de campo no início do trabalho do Solskjaer. Se ele sair, vai ser uma obrigação do clube ter que contratar alguém - pontuou o comentarista da ESPN.

Pogba - Manchester United
Pogba esteve perto de sair rumo o Real Madrid (Foto: AFP)
PRETENSÕES
Apesar de ser um dos times mais tradicionais e vitoriosos do futebol inglês, o Manchester United não será um postulante ao título desta temporada, de acordo Rafael Oliveira. Para o jornalista, a briga dos Diabos Vermelhos é diretamente por uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões.

- Não acho, independentemente de quem possa chegar na janela, que vai mudar o nível da equipe a ponto do United ser um candidato ao título. Acho que a briga é para ficar entre os quatro primeiros. Hoje eu vejo City e Liverpool acima, e o United fica no bolo da briga pela Champions, acho que esse tem que ser o foco, até porque acho que faltam alguns ajustes no trabalho da montagem do time - finalizou.

Napoli x Arsenal
Lacazette e Auba são os destaques dos Gunners (Foto: Divulgação)
ARSENAL MAIS MADURO
Na última temporada, o clube teve desempenho irregular e ficou fora da classificação para a Liga dos Campeões por um ponto.  O grande destaque da equipe, sem dúvidas, é a dupla Aubameyang e Lacazette. Na última Premier League, os dois marcaram, juntos, 35 gols, além de 15 assistências. Isso significa que os dois tiveram participação direta em 72% dos gols da equipe na competição.

Para esta temporada, os Gunners já gastaram 117 milhões de euros (R$ 524 milhões) em reforços. Entre elas, a grande aposta é no atacante Nicolas Pépé, contratação mais cara da história da equipe. Além do atacante, Dani Ceballos chegou por empréstimo.

- O Arsenal não pode ir tão mal em jogos fora de casa. Na última temporada, deixou de ganhar 12 das 19 partidas fora. O clube espera que Pépé e Ceballos melhorem a criatividade, o ritmo e a criação da equipe - disse Adrian Kajumba, repórter do 'Daily Mail'.

Nicolas Pepe
Pepé custou mais de R$ 350 mi aos cofres dos Gunners (Divulgação)
TOQUE BRASILEIRO
Entre os brasileiros, o Arsenal apostou em Gabriel Martinelli, de apenas 19 anos, vindo do Ituano. Fora de campo, Edu Gaspar chegou para ser o novo diretor técnico, cercado de expectativas de um passado glorioso. O ex-volante fez parte de um dos maiores times da história dos Gunners. Em 2004, o Arsenal foi campeão inglês de forma invicta.

- No futuro, é esperado que Edu tenha um grande impacto no Arsenal, dentro e fora de campo, nas divisões de base e na equipe principal, no mercado. É crucial para o Arsenal, pois ele traz de volta uma mentalidade de sucesso que o Arsenal teve com os 'Invencíveis', em 2004 - apontou Adrian, que também avaliou Martinelli:

- É difícil fazer uma avaliação do Martinelli no momento. Ele é novo e era de uma equipe pequena do Brasil. O ano vai ser de adaptação tanto no clube quando no futebol inglês - finalizou.

Martinelli
Gabriel Martinelli fez boa pré-temporada no Arsenal (Foto: Divulgação)
E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance