Dá tempo? Com chances de queda, Cruzeiro tenta se inspirar em fugas incríveis da degola no BR
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Dá tempo? Com chances de queda, Cruzeiro tenta se inspirar em fugas incríveis da degola no BR

  •  Cruzeiro x Fluminense - Fábio
    Torcida tem apoiado, incentivado e "apelado" para a fé com o intuito de evitar o rebaixamento do clube à Série B Veja as fugas mais espetaculares do rebaixamento do Brasileiro de pontos corridos.  Bruno Haddad/Cruzeiro
  •  Cruzeiro x Fluminense 2009
    Em 2009, o Fluminense estava “99%” rebaixado, pois faltava apenas sete jogos para o fim do Brasileiro daquele ano e o Tricolor, comandado por Renato Gaúcho, não conseguir reagir no Brasileiro daquele ano. O Flu tinha apenas 25 pontos em 31 partidas. A diretoria carioca demitiu Renato, trouxe Cuca que iniciou uma arrancada espetacular, vencendo os sete jogos seguidos, conseguindo se salvar da queda para a segunda divisão. O mesmo grupo que tirou o Tricolor Carioca da degola, se sagraria campeão em 2010 e 2012 com Fred no comando do ataque.  Gil Leonardi/Lancepress!
  •  2003 - Goiás - do lanterna a Copa Sul-Americana
    Em 2003, o Goiás era o lanterna absoluto no Brasileiro daquele ano, também considerado como certo na Série B de 2004. Cuca, que iniciava sua caminhada como técnico entrou no lugar de Candinho no fim do primeiro turno e terminou a competição em nono lugar, chegando a pensar em uma classificação para a Libertadores do ano seguinte. A vaga na Sul-Americana esatava garantida. Ari Ferreira/Lancepress
  •  Cruzeiro 3x4 Atlético-MG - 24/10/2010 - (Parque do Sabiá/ Uberlândia) - 31ª rodada do Campeonato Brasileiro 2010
    Sob a batuta de Diego Souza e Diego Tardelli, além dos gols de Obina, o Galo estava com 21 pontos na 25ª rodada no Brasileirão de 2010 e conseguiu sete vitórias, três empates e três derrotas nas últimas 13 rodadas. O time de Dorival Júnior saiu do Z4 na 34ª rodada e se salvou da queda naquele ano. (Foto: Celio Messias/Lancepress!)
  •  Internacional 0 X 0 Grêmio - 2010
    O time gaúcho brigava contra o rebaixamento sob comando de Silas em 2010. A solução gremista? Trazer um ídolo histórico para salvar o Tricolor Gaúcho da terceira queda. Renato Portaluppi aceitou a missão e reergueu o Grêmio, que, em 25 jogos , o Imortal venceu 17, ficando em quarto lugar naquele ano, garantindo uma vaga para a fase preliminar da Libertadores. (Foto: Ricardo Rimoli/Lancepress!)
  •  Cruzeiro 6 x 1 Atlético-MG - 2011
    A Raposa tem um exemplo bem particular quando o assunto é escapar em cima da hora da degola no Brasileiro. Em 2011, o time azul chegou à última rodada do campeonato precisando vencer Atlético-MG para jogar a Série B em 2011. O time celeste venceu, aplicando a sua maior goleada sobre o rival no clássico, no histórico 6 a 1, em uma tarde inspirada de Fabrício, Roger, Anselmo Ramon, Everton, Wellington Paulista e Leandro Guerreiro. Reprodução
  •  Palmeiras x Grêmio - 2014
    O hoje todo poderoso Palmeiras teve momentos tensos em 2014, quando quase caiu para a segunda divisão pela terceira vez, sendo que havia retornando no ano anterior após cair em 2012. O Palestra chegou à última rodada do Brasileiro daquele ano precisando de uma vitória contra o Atlético-PR para não cair. Porém, o jogo ficou empatado por 1 a 1 e o Palmeiras não caiu porque o Vitória não derrotou o Santos, se salvando com apenas 40 pontos, menor pontuação de um não rebaixado na história dos pontos corridos. Cesar Greco
  •  Botafogo x Palmeiras - 2009 - ùltima rodada
    O Botafogo de 2009 também se salvou na última rodada do Brasileiro de outra queda. O time carioca tinha de vencer o Palmeiras no Engenhão para permanecer na primeira divisão, Não só venceu o alviverde, como ainda tirou os paulistas da Libertadores do ano seguinte. (Foto: Ricardo Cassiano/Lancepress!)
Valinor Conteúdo - 16/10/2019 - 16:35
Belo Horizonte
Que a situação do Cruzeiro nesta edição do Campeonato Brasileiro é complicada, é de conhecimento até de quem não acompanha futebol diariamente. O time mineiro, que está na zona do rebaixamento, além de uma grave crise financeira e institucional, luta com o que tem para evitar uma inédita e dolorosa queda para segunda divisão do futebol nacional.

Faltando apenas 12 jogos para o fim do Brasileiro, o Cruzeiro precisa de pelo menos 20 pontos que o mantém com chances de permanência na Série A. O ideal seria marcar 45 pontos, mas o desempenho até aqui na competição desanima o mais fanático torcedor, já que a Raposa teria de ter uma performance de time do G6 para jogar a primeira divisão em 2020.

A equipe mineira terá de vencer pelo menos seis jogos se quiser se manter na Série A. E a sequência de jogos não será nada fácil.Segundos dados levantados pelo L! e pela UFMG(Universidade Federal de Minas Gerais), o Cruzeiro tem entre 49% de chance de queda. Mas, mesmo com esse cenário sombrio, há esperança de uma reação na competição, apesar de apenas dois clubes, o Fluminense em 2009 e o maior rival, Atlético-MG, conseguiram escapar da degola quando estavam com pontuação parecida nesta etapa do campeonato.

Mas, o L! separou algumas fugas espetaculares da Série B que podem servir de inspiração para o time azul se safar do vexame, talvez o maior da sua história. Confira a galeria acima.


E MAIS:
Ameaça de rebaixamento dos times da Série A

AVAÍ 98.0 %
2 CHAPECOENSE 97.7 %
3 CRUZEIRO 49.4 %
4 CSA 47.0 %
5 CEARÁ 43.3 %
6 FORTALEZA 29.7 %
7 FLUMINENSE 16.4 %
8 BOTAFOGO 10.7 %
9 ATLÉTICO-MG 6.1 %
10 VASCO DA GAMA 1.6 %
11 GOIÁS 0,11  %


Pontuação mínima para não cair e as chances de queda

45 pontos - 0,65%
44 pontos - 2,6%
43 pontos - 8%
42 pontos - 19,1%
41 pontos - 36,4%
40 pontos - 56,8%
39 pontos - 75,4%

Próximos 12 jogos da Raposa

Corinthians (fora)
Fortaleza (casa)
Botafogo (fora)
Bahia (casa)
Athletico-PR (fora)
Atlético-MG (casa)
Avaí (casa)
Santos (fora)
CSA (casa)
Vasco (fora)
Grêmio (fora)
Palmeiras (casa)


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance