Presidente do Cruzeiro garante que o clube terá como pagar dívida na FIFA
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Presidente do Cruzeiro garante que o clube terá como pagar dívida na FIFA

O presidente interino da Raposa, José Dalai Rocha, quer o pleito no clube de forma presencial
Recuperado da Covid-19, Dalai Rocha afirmou que a Raposa irá honrar seus compromissos na FIFA-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 17/05/2020 - 19:54
Belo Horizonte
O Cruzeiro terá uma semana cheia de agitação fora dos campos, enquanto o time profissional ainda se prepara para voltar aos treinos. Na quinta-feira, 21 de maio, o time azul terá eleições para a escolha do novo presidente e da mesa diretora do Conselho Deliberativo. E, uma das preocupações para a próxima gestão da Raposa é como serão quitadas dívidas de curto prazo na FIFA, por processos perdidos na entidade máxima do futebol.

O presidente do Conselho Deliberativo e interino do clube, José Dalai Rocha, recuperado do contágio por coronavírus, garantiu que o Cruzeiro terá recursos para quitar os débitos mais urgentes.

-Temos caminhos a serem testados e é uma coisa dificílima, pois envolve recursos e o país está parado, as empresas estão paradas. Estamos sofrendo tudo isso, mas vamos conseguir resolver esses graves assuntos”, acrescentou o mandatário, garantindo que o Cruzeiro quitará ‘As (dívidas) que vencerem em maio, seguramente, com todo sacrifício do conselho gestor-disse Dalai Rocha em live com o seu filho, o ex-apresentador da TV Globo, Fernando Rocha.


O dirigente comentou que a supervalorização do dólar e do euro frente a real aumenta a dificuldade para conseguir o dinheiro, aumentando o valor final das dívidas cruzeirenses com clubes e jogadores.


E MAIS:
-O Cruzeiro teve a surpresa com o valor excessivo do dólar, que beira os R$ 6. A dívida, então, subiu demais. Estamos administrando essas coisas de cinco, seis anos atrás, que caiu no nosso colo. Assumimos a solução disso- explicou o dirigente que também falou sobre o levantamento do total que a Raposa deve na FIFA.


-Tive a curiosidade de anotar e ver a dívida da FIFA. O Denílson, volante comprado (na verdade foi empréstimo) aos Emirados Árabes (Al Whada) por R$ 5 milhões e R$ 6 milhões, o Willian Bigode, comprado ao Zorya, da Ucrânia, por R$ 11 milhões. E o Caicedo foi comprado ao Del Valle, aquele cara que errava quase todas as bolas, devemos quase R$ 4 milhões. Hoje, o total é de aproximadamente R$ 20 milhões, R4 21 milhões. Há pouco tempo, eram R$ 10 milhões- explicou.

O Cruzeiro tem até o dia 29 de maio para quitar a primeira parte das dívidas do clube junto à FiFA, que já somam o montante de R$ 26 milhões com jogadores e clubes estrangeiros. Caso não haja o pagamento, o time mineiro poderá ser punido esportivamente e administrativamente pela entidade máxima do futebol.




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance