Uruguaio Diego Aguirre é o novo técnico do São Paulo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Uruguaio Diego Aguirre é o novo técnico do São Paulo

  •  Aguirre - São Paulo
    Aguirre foi confirmado como treinador do São Paulo Rubens Chiri / saopaulofc.net
  •  Diego Aguirre San Lorenzo-ARG (2017)
    San Lorenzo (ARG) foi o último clube de Diego Aguirre Divulgação / San Lorenzo
  •  Diego Aguirre Atlético-MG (2016)
    Diego Aguirre dirigiu o Atlético-MG em 2016 Bruno Cantini/Atlético MG
  •  Diego Aguirre Internacional (2015)
    Aguirre comandou o Internacional em 2015 Diego Vara / Agencia RBS
  •  Diego Aguirre Peñarol-URU (09 a 11)
    Diego Aguirre ganhou projeção no Peñarol (URU) de 2009 a 11 Divulgação
Yago Rudá - 11/03/2018 - 11:51
São Paulo (SP)
A diretoria do São Paulo e Diego Aguirre chegaram a um acordo e o uruguaio é o novo técnico do Tricolor, que anunciou a contratação no início da tarde de domingo - ele será apresentado nesta segunda-feira, às 15h30, no CT da Barra Funda. Depois de desembarcar no Brasil na noite de sábado, o treinador acertou os últimos termos do acordo com o clube do Morumbi. O vínculo de Aguirre com o Tricolor vai até dezembro desta temporada. A expectativa é de que o comandante vá ao Morumbi nesta tarde para acompanhar a partida contra o Red Bull Brasil, pela 12ª rodada do Paulistão. 

Depois de comandar Internacional e Atlético-MG no futebol brasileiro, Aguirre chega ao São Paulo com a missão de montar uma equipe competitiva e brigar por títulos, algo que o Tricolor não conquista desde 2012, quando levou a Copa Sul-Americana. Seu antecessor, Dorival Júnior, foi demitido após a derrota no clássico com o Palmeiras e as seguidas más atuações do time. 

As negociações para a contratação do treinador foram conduzidas por Raí, diretor de futebol do São Paulo, em parceria com Ricardo Rocha, coordenador de futebol, e Lugano, superintendente de relações institucionai do clube do Morumbi. O trio tem boas referências do trabalho executado pelo treinador e a decisão de trazê-lo para o Morumbi foi unânime. 

- Aguirre é um técnico atualizado, com grandes trabalhos e referências importantes para o que queremos no futebol do São Paulo. Confiamos que ele tem o perfil e a metodologia de trabalho que se encaixam com o clube - afirmou Raí, executivo de futebol do Tricolor.

Apesar do acerto, o técnico ainda não comanda o São Paulo. Neste domingo, o interino André Jardine - promovido à comissão técnica permanente do elenco profissional - comandará a equipe no Morumbi, contra o Red Bull Brasil. Já classificado para o mata-mata do estadual, o time lidera o Grupo B, mas pode perder a posição para o São Caetano caso não vença esta tarde. 

É provável que o novo treinador assuma o time na partida contra o CRB, na próxima quarta, pela Copa do Brasil. O uruguaio precisa resolver pendências com seu visto de trabalho e, por isso, ainda não é possível confirmar sua presença no jogo do meio da semana. 

No Brasil, Aguirre comandou o Inter, chegando à semifinal da Libertadores de 2015, e o Atlético-MG, parando diante do próprio São Paulo nas quartas de final de 2016. Seu último trabalho foi no San Lorenzo, da Argentina. Como atacante, defendeu o Tricolor ao lado de Raí em 1990. Como técnico, tem ainda como credencial ter levado o Peñarol à final da Libertadores de 2011, perdendo para o Santos de Neymar.

FICHA DO TREINADOR
Nome completo: Diego Vicente Aguirre Camblor
Data de nascimento: 13/09/1965 (52 anos)
Local de nascimento: Montevidéu (URU)

Clubes como treinador: Plaza Colonia-URU (2002), Peñarol-URU (2003-2004), Aucas-EQU (2006), Wanderers-URU (2007), Seleção Uruguaia Sub-20 (2008-2009), Peñarol-URU (2010 e 2011), AL Rayyan-QAT (2011-2013), Al-Gharafa-QAT (2013-2014), Internacional (2015), Atlético-MG (2016), San Lorenzo-ARG (2016-2017) e São Paulo (2018).

Títulos: Campeonato Uruguaio (2003), Campeonato Uruguaio (2009/10), Vice-campeão da Libertadores da América (2011), Copa Príncipe de Corona (2012), Copa Sheikh Jassem (2012 e 2013) Copa do Emir do Qatar (2013), Campeonato Gaúcho (2015) e Florida Cup (2016)

Premiação: Melhor Técnico da Liga do Catar (2011/2012)

Clubes como jogador: Liverpool (URU) 1985, Peñarol (URU) 1986-87, Olympiacos FC (GRE) 1988, Internacional 1989-90, São Paulo 1990-1991, Independiente (ARG) 1991-92, Peñarol (URU) 1992, Bolívar (BOL) 1993, Marbella (ESP) 1993-94, Ourense (ESP) 1995, River Plate (URU) 1996-97, Temuco (CHI) 1998 e Rentistas (URU) 1999

Títulos conquistados como jogador: Campeonato Uruguaio (1986) Libertadores da América (1987)

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance