Jair 'veta' saída de zagueiro do Peixe e promete teste para Lucas Lourenço
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Jair 'veta' saída de zagueiro do Peixe e promete teste para Lucas Lourenço

  •  Jair Ventura
    Jair Ventura é o técnico do Santos desde janeiro e tem 13 vitórias, sete empates e 13 derrotas no comando do time (Foto: Ivan Storti/Santos)
  •  Lucas Lourenço
    Lucas Lourenço foi o camisa 10 do Santos no Mundial de Clube Sub-17, na Espanha, e ganhou destaque (Foto: Maikon Camargo de Aguiar/Santos)
  •  Lucas Veríssimo
    Lucas Veríssimo é o principal alvo do mercado europeu no elenco do Santos e o mais cotado para sair agora do clube (Foto: Ivan Storti/Santos)
Ana Canhedo e Gabriela Brino - 08/06/2018 - 15:32
Santos (SP)
Jair Ventura espera não perder jogadores na janela de transferências do meio do ano. Pelo contrário. O treinador do Santos quer é ganhar mais peças. Por isso, não descarta dar uma chance ao meia Lucas Lourenço, camisa 10 do Peixe no Mundial de Clubes Sub-17 e postulante a uma vaga no time principal. O comandante carioca também espera pelo "fico" do zagueiro Lucas Veríssimo, um dos mais cotados a ser vendido pela diretoria alvinegra. 

Em reunião do Conselho Deliberativo da última quinta-feira, o presidente José Carlos Peres disse que libera o defensor, caso receba propostas nas casa dos 10 milhões de euros (cerca de R$ 48 milhões). Por enquanto, não há ofertas para o zagueiro no valor desejado pelo Peixe. 

- Eu aceito o Veríssimo e mais um meia. Chega de sair, agora é hora de chegar - brincou o treinador, durante entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira, no CT Rei Pelé. 

E justamente a posição de meia armador é a grande lacuna no elenco desde o começo da temporada. Embora esteja se acertando com as peças que tem à disposição, Jair espera por uma contratação. E, enquanto ela não vem, a tendência é que dê chance a Lucas Lourenço, meia promissor da mesma geração dos atacantes Rodrygo e Yuri Alberto. 

- Fez boa competição (Mundial de Clubes Sub-17), essa idade é a do Santos de trazer. Esteve com a gente, foi bem, não chegou a jogar, mas fez amistosos e foi bem. Tem chance, sim. Vamos com calma, teremos recesso. Vem jogando bem, importante, e jogando. Não adianta trazer e não jogar. Jogador tem que jogar. Importante treinar e descer para jogar. Estamos olhando os meninos. Vamos olhar com carinho - finalizou. 

O Santos acabou eliminado na primeira fase do Mundial, mas Lucas foi o autor de quatro gols em três jogos e o grande destaque do Peixe no torneio. A tendência é que seja ao menos chamado para um período de treinos durante a pausa para a disputa da Copa do Mundo. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance