Após derrota, presidente do Santos critica CBF: 'Fomos prejudicados'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após derrota, presidente do Santos critica CBF: 'Fomos prejudicados'

José Carlos Peres
Presidente do Santos criticou CBF e VAR (Foto: Ivan Storti)
LANCE! - 06/06/2019 - 23:27
São Paulo (SP)
Após a derrota por 2 a 1 para o Atlético-MG, que resultou na eliminação do Santos na Copa do Brasil, nesta quinta-feira, no Pacaembu, o presidente do Santos, José Carlos Peres, fez duras críticas à CBF.  

– A CBF tira a nossa força nas competições. Ela conseguiu o que queria: nos desclassificar porque nos roubaram o direito de jogar na Vila Belmiro. Nós mandamos um ofício para a CBF cinco dias antes da primeira partida. Então o artigo 13, que diz que não pode mudar a partida depois que faz a primeira, ela que tem que responder. Esse ofício ficou lá desde o dia 10. Falei que íamos perder jogadores. E ela não respondeu. O jogo era na Vila Belmiro. Pedimos dia 10 de maio. Ninguém está chorando derrota, mas fomos prejudicados, sim. Mas o Atlético teve mérito na classificação. A CBF tem de proteger os clubes, não deixar os clubes desamparados – criticou Peres.

Além da queixa por não conseguir alterar o local da partida desta quinta, Peres também ficou incomodado com a entidade por não liberar Rodrygo, convocado para a Seleção olímpica, para a partida. O clube chegou a pedir um liminar ao STJD para poder usar o atleta sem correr risco de punição, mas ela foi rejeitada. 


- Convocaram o Rodrygo, que está indo para o Real Madrid. Ele já tem gabarito para ir numa convocação do time A. E nos tiram a força nas competições. Por isso um agradecimento para ela, porque conseguiu o que ninguém esperava, que era nos desclassificar.

O dirigente também fez críticas ao uso do VAR no Brasil. Para ele, o time foi prejudicado, com a anulação do cartão vermelho para José Welison, no início do do segundo tempo. 

– [O VAR] está prejudicando o futebol brasileiro. O sujeito deu uma cotovelada no rosto, teve que olhar no vídeo. O VAR não está ajudando, veio como esperança de justiça, mas não ajuda. Isso desmoraliza o futebol brasileiro. 

O Santos volta a campo no domingo para enfrentar novamente o Atlético-MG, na Vila Belmiro, dessa vez pelo Brasileirão. O jogo está marcado para 19h. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance