Saída pela esquerda! Flu aposta em setor para levar perigo no ataque
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Saída pela esquerda! Flu aposta em setor para levar perigo no ataque

Fluminense x Atlético-MG
Everaldo é o principal responsável pelo sucesso na esquerda (Foto: Andre Melo Andrade/Eleven)
Luiza Sá - 05/11/2018 - 07:00
Rio de Janeiro (RJ)
Sem Pedro e Gilberto, que se lesionaram no final de agosto, o Fluminense foi obrigado a tentar diversificar suas possibilidades nas jogadas ofensivas. Uma das saídas encontradas foi apostar mais no lado esquerdo, principalmente com a ascensão de Everaldo, que se consolidou no time titular, e o talento de Ayrton Lucas, mesmo com seus altos e baixos durante o ano.

Os números mostram que o lugar do campo que o Flu mais tem ficado nas últimas partidas é na faixa do meio e do lado esquerdo. No clássico contra o Vasco, principalmente após a entrada de Everaldo, algumas das principais chances foram construídas por aquele setor. Foram pelo menos cinco boas oportunidades.

Na "guerra" enfrentada pelo Fluminense no Uruguai, contra o Nacional, o cenário se repete nas finalizações que levaram mais perigo. O Flu passou 40% do tempo da partida do lado esquerdo, enquanto na direita foram 27%. Já no Rio de Janeiro, o Tricolor investiu em muitas de suas jogadas pelo lado esquerdo do campo. A faixa em que os jogadores passaram mais tempo foi o meio do gramado, com porcentagens bem divididas no ataque e na defesa. Naturalmente, o Nacional também ocupou este lado por mais tempo, 18,4% do tempo.

E MAIS:
No gol do zagueiro Gum, aos 17 minutos do primeiro tempo contra os uruguaios, Sornoza cobrou a falta do lado esquerdo, colocando a bola na cabeça do defensor. Contra o Atlético-MG, o cenário foi mais coletivo. A jogada partiu de uma roubada de bola no meio, foi para a esquerda com Everaldo e terminou com Luciano dentro da área para finalizar.

Jogando contra o Atlético-MG em casa, a equipe de Marcelo Oliveira deu 11 chutes ao gol e pelo menos cinco deles foram da esquerda. O gol, inclusive, passou por Everaldo na troca de passes para garantir a vitória no Nilton Santos.

Com o Paraná, no primeiro gol, Everaldo puxou a jogada na esquerda, tentou o chute, Marcos Junior pegou o rebote e deu para Jadson, que chegava no canto esquerdo para marcar. No segundo lance, foi Everaldo novamente quem puxou de seu lado para Richard finalizar do meio e de longe, ampliando o marcador. No terceiro gol, o camisa 37 trocou passes com Digão novamente por sua faixa do campo e Jadson chegou para marcar. No último, assinalado por Luciano, Daniel chegou pela esquerda para cruzar em direção ao atacante, que dominou e fechou a conta.


Facebook Lance Twitter Lance