Jadson nega desgaste físico e fala em dificuldade de finalizar do Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Jadson nega desgaste físico e fala em dificuldade de finalizar do Flu

Fluminense x Vasco - JADSON
Jadson, durante o clássico no Maracanã (Foto: Andre Melo Andrade/Eleven)
Luiza Sá - 03/11/2018 - 20:55
Rio de Janeiro (RJ)
O Fluminense foi superior durante todo jogo contra o Vasco, mas pecou pela finalização ruim e acabou derrotado por 1 a 0 no Maracanã. Após a partida, o volante Jadson analisou os erros do tricolor e afirmou que o time não sentiu o desgaste do confronto da última quarta-feira, mas sim o calor.

- Considero que fizemos um bom trabalho, principalmente no primeiro tempo, mas pecamos no último passe. Erramos muito no último terço do campo. Em clássicos os detalhes acabam decidindo e isso aconteceu. Sentimos um pouco porque estava bastante abafado. Pioramos no segundo tempo, mas o Vasco também tem seus méritos. Eles marcaram e equilibraram a partida - disse, avaliando ainda se o Flu briga contra o rebaixamento.

- Tínhamos a dificuldade de finalizar principalmente depois do gol do Vasco. Eles se fecharam, porque queriam muito o resultado para sair lá de baixo. Não conseguimos entrar e infiltrar, acabamos tentando chutar mais de fora. Era muito importante ganhar hoje. Não temos uma situação definida no campeonato. Temos que mandar o melhor que temos. Faltam seis rodadas, pode acontecer muita coisa. Quanto mais se afastar da parte de baixo, melhor.

E MAIS:
Na próxima quarta-feira, o Fluminense faz o jogo de ida contra o Atlético-PR pela semifinal da Copa Sul-Americana. Jadson afirmou que ainda não sabe se jogará de ala ou volante e analisou a "guerra" na Arena da Baixada.

- Temos que nos recuperar agora para chegar 100% na quarta-feira. Sabemos que será um jogo difícil, como foi contra o Nacional. Precisamos nos preparar psicologicamente porque vamos enfrentar mais uma guerra. O Atlético-PR é um time muito forte em casa, organizado, uma das principais dificuldades é o gramado. É muito rápido, facilita o jogo deles. Quando eu atuei lá, usávamos isso. Temos que nos preparar. É uma decisão em dois jogos. Nunca o primeiro jogo determina a classificação. Levamos como exemplo as quartas de final, com o Nacional. Colocamos um ritmo superior e passamos - avaliou.

Facebook Lance Twitter Lance