Sassá recebe elogios de Barcos, mas pede mais 'juízo' ao atacante
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sassá recebe elogios de Barcos, mas pede mais 'juízo' ao atacante

Barcos
O Pirata teve uma semana iluminada com o nascimento do filho Gael e o gol que classificou a Raposa contra o Palmeiras- (Foto: Rodney Costa/Eleven)
Valinor Conteúdo - 28/09/2018 - 18:35
Belo Horizonte
O atacante Barcos teve uma semana muito boa em sua vida. Na terça-feira, 25, nasceu seu segundo filho, Gael, na quarta-feira, 26, ajudou a classificar o Cruzeiro para a final da Copa do Brasil, marcando os dois gols do time celeste no confronto contra o Palmeiras pela Copa do Brasil. 

Barcos está recuperando o bom futebol e em momento algum teve uma reação destemperada ou agressiva ante às críticas. O jogador sempre fez uma autoanálise do seu desempenho e mesmo com o bom momento ainda acha que precisa melhorar e devolver a confiança que tem recebido da torcida e de Mano Menezes.

- Aos poucos vou melhorando. Tenho muito a fazer ainda. Sou o primeiro a me cobrar e sei que não estou 100% e não dei o que posso. Tenho ciência disso, disse.



Essa postura serena contrasta com a do atacante Sassá, expulso do duelo com o Porco após brigar com meio time palmeirense e acertar um soco covarde em Mayke. Barcos elogiou a força de Sassá como atacante e seu potencial e campo, mas não aprovou o comportamento do jogador e pediu que ele foque mais no jogo do que em coisas extra campo.

- O Sassá é um jogador importante para nós. Está voltando, voltando com força. Ele é uma pessoa excelente, muito bom de grupo. Obviamente, vamos sofrer, vamos perder muito sem ele. Mas é uma boa experiência para ele, saber no próximo momento que acontecer uma coisa dessas, ele já sabe o que tem que fazer e o que não tem que fazer. Que seja um aprendizado para ele, que sabe que o grupo está com ele, mas ele tem que ter mais responsabilidade na hora de tomar as decisões, disse em tom de cobrança.

Barcos não enfrenta o Palmeiras, domingo, às 11h da manhã no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro. Ele será poupado para o duelo com o Boca, quinta-feira, 4 de outubro, no Mineirão, pelo jogo de volta da Libertadores.




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance