Crise no Boca Juniors antes do duelo decisivo com o Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Crise no Boca Juniors antes do duelo decisivo com o Cruzeiro

Boca Juniors
Momento do Boca é delicado na temporada (Reprodução: Instagram Boca Juniors)
LANCE! - 28/09/2018 - 17:25
São Paulo
Adversário do Cruzeiro nas quartas de final da Copa Libertadores, na próxima quinta-feira, às 21h45, no Mineirão, o Boca Juniors está em crise.

Depois de perder o superclássico para o rival River Plate por 2 a 0, em La Bombonera, no último fim de semana, pela Superliga Argentina, o time foi eliminado nas oitavas de final Copa Argentina nesta quinta-feira. Os xeneizes perderam para o Gimnasia La Plata por 1 a 0, no Estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba, com gol do venezuelano Jan Hurtado, aos 44 minutos do segundo tempo.

Em entrevista coletiva após a eliminação na Copa Argentina, o presidente do clube, Daniel Angelici, admitiu o mau momento do time, mas garantiu, pelo menos até o jogo de domingo, contra o Colón, na Bombonera, a permanência do técnico Guillermo Barros Schelotto.

- Estamos jogando mal. Estou preocupado. Havia muito tempo que não via o Boca jogar tão mal. Mas, não vamos demitir os gêmeos. Guillermo não se vai de nenhuma maneira -, disse o dirigente, referindo-se aos irmãos Guillermo (técnico) e Gustavo Schelotto (assistente).

Ex-atacante e ídolo do Boca Juniors, Guillermo conquistou, como jogador, quatro dos seis título de Libertadores. Apesar do aval do presidente, nova derrota para o Colón, pela sétima rodada do Campeonato Argentino, no próximo domingo, pode decretar a queda do treinador. O Boca é sexto colocado na tabela, com 10 pontos, a seis do líder Racing.

O zagueiro Carlos Izquierdoz deu uma declaração depois da eliminação em Córdoba, evidenciando que o ambiente entre os jogadores não é bom:

- Um jogo se ganha com homens, não com nomes. Nosso rival nos superou em atitude, jogou como uma final. Foi um golpe muito duro - admitiu.

Além da derrota, o Boca sofreu uma baixa importante nesta quinta-feira: o atacante Benedetto teve de ser substituído logo aos 12min do primeiro tempo, com dores no músculo posterior da coxa direita, e foi substituído por Carlos Tevez.

O Boca venceu o Cruzeiro no jogo de ida das quartas da Libertadores por 2 a 0 e pode perder por até um gol de diferença para avançar às semifinais. Na próxima fase, o adversário sairá do mata mata entre Palmeiras e Colo Colo.




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance