Rui Costa prefere discrição e mantém mistério sobre reforços no Galo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Rui Costa prefere discrição e mantém mistério sobre reforços no Galo

Rui Costa(à direita) foi apresentado pelo presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara como novo diretor de futebol nesta sexta-feira
Rui Costa(à direita com o presidente Sérgio Sette Câmara), está no clube mineiro há pouco mais de um mês e continua em busca de reforços e do novo treinador - Bruno Cantini/Atlético-MG
Valinor Conteúdo - 29/05/2019 - 19:49
Belo Horizonte
O diretor de futebol do Atlético-MG, Rui Costa, vem se comportando como um legítimo mineiro. Discreto, tem buscado trabalhar pelo clube longe dos holofotes, fazendo contatos e indo atrás de reforços e do novo treinador do clube.

O trabalho silencioso de Rui Costa gera questionamentos do torcedor atleticanos que ainda não viu concretizado nenhuma ação da sua gestão. O diretor comentou sobre o período que está à frente do cargo.


-Eu poderia fazer um discurso simpático para a torcida. Mas chegar aqui, com um grupo de trabalho que o Atlético tem, e anunciar seis reforços em uma semana não seria a maneira mais correta de fazer uma gestão de futebol, na minha visão. O que eu fiz foi me adaptar ao clube, conhecer os jogadores. Precisamos qualificar ainda mais o grupo, que já é qualificado, e estamos trabalhando. Eu não posso falar muito sobre isso, pois quanto mais eu falar, mais eu vou atiçar os nossos concorrentes. Temos que enaltecer esse grupo, não me sinto à vontade para falar em contratações depois do que esses jogadores fizeram. Mas o torcedor pode ter a certeza de que trabalhamos para buscar uma equipe mais forte ainda-disse.


E MAIS:
A discrição do dirigente é evidente quando ele se esquiva de falar quais posições o time mais precisa no momento.

-Temos um grupo equilibrado e falar de posições não seria leal com os atletas com os quais eu convivo. nós temos algumas questões de mudanças agora em julho, vamos ter a saída de muitos jogadores e precisamos ter um grupo cada vez mais equilibrado para suportar as competições, uma vez que nos classificamos na Sul-Americana e vamos buscar a classificação na Copa do Brasil. Teremos que ter um grupo com mais opções e essa é a ideia. Não vamos falar de setores específicos e sim exaltar o nosso grupo. Para ser mais protagonistas nas competições, vamos precisar ter um grupo com mais alternativas e perfis diferentes- comentou para em seguida enfatizar que a diretoria não irá fazer loucuras para reforçar o elenco alvinegro.

-Temos que ter critério para contratar, e não sair gastando. O Atlético e sua diretoria são muito zelosos com a situação financeira do clube e o presidente sempre cobra muito cuidado com o orçamento e as questões econômicas do clube, para que possamos ter vantagens e ganhos, mas sempre com equilíbrio financeiro-concluiu.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance