Hoje no Internacional, Musto admite que quase vestiu a camisa do River Plate
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Hoje no Internacional, Musto admite que quase vestiu a camisa do River Plate

Damián Musto - Internacional
Foto: Ricardo Duarte/Internacional
Futebol Latino - 19/03/2020 - 17:06
Porto Alegre (RS)
Se o meio-campista argentino Damián Musto encara a vinda para o Internacional como parte do processo de retomar o melhor ritmo na carreira após o caso de doping que o deixou fora de ação por quase um ano, sua carreira poderia ter tomado um rumo bem diferente há cerca de dois anos.

Isso porque, de acordo com uma confissão feita pelo próprio jogador em entrevista dada a ESPN argentina, chegou ao seu conhecimento que o técnico do River Plate, Marcelo Gallardo, cogitava seu nome para reforçar as opções no meio-campo da equipe que, em 2018, seria campeã da Libertadores sobre seu maior rival, o Boca Juniors.

O atleta, aliás, tratou de contextualizar a situação que aconteceu em meio ao processo de decisão sobre qual seria o veredito de caso que ocorreu ainda em 2017 quando defendia o Rosario Central.



No momento que soube da pena, ele já havia passado pelo Tijuana e se transferido para o Huesca, da Espanha, clube o qual ainda tem seus direitos estando no Colorado por empréstimo:

- Sim, o Gallardo quis me levar para o River. Foi no momento em que eu saí do suposto doping e toda essa situação que foi se desenrolando já que, como toda situação de doping, leva muito tempo. A possibilidade naquele momento existiu, estou muito orgulhoso de que um clube como o River tenha focado em mim. Nesse momento, a possibilidade existiu. Acabei tendo a chance de ficar mais seis meses no Tijuana por causa do doping. Logo depois me suspenderam, o Huesca abriu as portas para mim e eu fui para a Espanha.

Desde que chegou ao Inter, Musto tem sido uma das peças de confiança do técnico Eduardo Coudet que o conhece justamente dos tempos de Rosario.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance