Da saída quase certa à titularidade: Antônio Carlos ressurge no Palmeiras
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Da saída quase certa à titularidade: Antônio Carlos ressurge no Palmeiras

  •  Antônio Carlos
    Antônio Carlos Bruno Ulivieri
  •  Antônio Carlos
    Antônio Carlos Cesar Greco/Palmeiras
  •  Antônio Carlos
    Antônio Carlos Cesar Greco/Palmeiras
  •  Antônio Carlos
    Antônio Carlos Cesar Greco/Palmeiras
  •  Antônio Carlos
    Antônio Carlos Cesar Greco/Palmeiras
  •  Antônio Carlos
    Antônio Carlos Cesar Greco/Palmeiras
Fellipe Lucena e Thiago Ferri - 12/01/2018 - 08:30
São Paulo (SP)
A primeira escalação do Palmeiras de 2018 mostrada à imprensa teve Antônio Carlos como titular na zaga. O camisa 25 treinou ao lado de Luan, pois Edu Dracena fará uma pré-temporada mais longa, mas a escolha foi surpreendente ao se levar em conta 2017, quando era a última opção no setor.

Contratado da Ponte Preta, Antônio fez apenas nove partidas na temporada passada. Mina, Edu Dracena e Vitor Hugo, no começo daquele ano, estavam à frente do zagueiro, que seguiu em desvantagem quando o camisa 4 foi para a Fiorentina (ITA), e Luan e Juninho reforçaram a posição.

Ainda assim, a torcida fazia elogios ao defensor, com o argumento de que nas poucas chances que teve foi bem. Sua estreia em partidas oficiais, por exemplo, foi contra o Atlético Tucumán, na Argentina, com atuação destacada.

O empréstimo ao Verdão vencia no fim de dezembro passado, e com a contratação de Emerson Santos, além da volta de Thiago Martins, a expectativa era de que Antônio começasse 2018 em outro clube. Mas o Verdão, que perdeu Mina para o Barcelona, decidiu renovar o vínculo por mais uma temporada.

Pelo esboço feito por Roger Machado na quinta, Antônio Carlos começará o jogo-treino desta sexta, contra o Atibaia, às 16h (de Brasília), na Academia de Futebol. Se no ano passado ele era a última opção, ao menos neste começo de pré-temporada leva vantagem sobre Emerson, Juninho, Thiago Martins e Pedrão, as outras opções.

Na equipe ideal, Edu Dracena ainda é o dono da posição, mas o camisa 3 terá um cuidado especial do departamento médico por conta da sua idade mais avançada - ele tem 36 anos. Isto deve fazê-lo, inclusive, perder as primeiras rodadas do Campeonato Paulista. Este mês pode significar a chance de Antônio Carlos confirmar seu ressurgimento no Palmeiras.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance