Palmeiras faz quase R$ 200 mi em vendas com time campeão brasileiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Palmeiras faz quase R$ 200 mi em vendas com time campeão brasileiro

  •  Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi Cesar Greco
  •  Mina
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi Cesar Greco
  •  Vitor Hugo
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi Cesar Greco/Palmeiras
  •  Gabriel Jesus é o único com saída iminente - o City é favorito, mas deve levá-lo só em dezembro
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi (Foto: Cesar Greco)
  •  Mina - Palmeiras
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi Cesar Greco
  •  Vitor Hugo
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi Cesar Greco/Palmeiras
  •  Gabriel Jesus - 06-04-16 - Rosário Central  x Palmeiras
    Mina, Vitor Hugo e Jesus: vendas deram quase R$ 200 mi (Foto: Cesar Greco/Fotoarena/Lancepress!)
Fellipe Lucena e Thiago Ferri - 11/01/2018 - 07:50
São Paulo (SP)
Além do resultado técnico, o elenco do Palmeiras campeão brasileiro em 2016 já fez o clube arrecadar quase R$ 200 milhões em vendas. Este é o valor bruto das negociações envolvendo Gabriel Jesus, Vitor Hugo e Mina, que acertou na quarta com o Barcelona (ESP). Com os devidos descontos, deste montante ficam no cofre do Verdão quase R$ 100 milhões.

A venda mais cara feita por Alexandre Mattos foi a de Jesus, por R$ 121 milhões. De todo este valor, o clube acabou com perto de R$ 70 milhões; no caso de Vitor Hugo, que foi para a Fiorentina (ITA) por 8 milhões de euros (R$ 30 milhões), o Palmeiras acabou com um lucro pequeno, de quase R$ 6 milhões. Isto porque um terço do valor pago pelos italianos acabou sendo usado para a contratação do também zagueiro Juninho, então no Coritiba.

Na negociação de Mina, sacramentada na última tarde, o Palmeiras considera que ficará com cerca de R$ 25 milhões. Isto porque, além do repasse de perto de R$ 7 milhões ao Santa Fe (COL), o Alviverde terá de ressarcir o ex-presidente Paulo Nobre, quem pagou a contratação do zagueiro em 2016. Na ocasião, o dirigente investiu R$ 12 milhões, mas este valor agora será acrescido de uma pequena taxa de juros.

Veja abaixo os detalhes de cada venda, com a cotação do euro de 10/1/2018:

Mina vendido para o Barcelona (ESP):
- Valor total: 12,3 milhões de euros (R$ 47,4 milhões)
- Fatia do Palmeiras bruta: 10 milhões de euros (R$ 38,5 milhões)
- Fatia do Santa Fe (COL): 1,8 milhão de euros (R$ 6,9 milhões)
- Mecanismos de solidariedade: 590 mil euros (R$ 2,2 milhões)
- Valor a ser devolvido para Paulo Nobre: cerca de R$ 13 milhões
- Valor líquido para o Palmeiras: cerca de R$ 25 milhões

Vitor Hugo vendido para a Fiorentina (ITA):
- Valor total: 8 milhões de euros (R$ 30 milhões)
- Fatia do Tombense-MG, dono de 50% dos direitos econômicos: cerca de 3,5 milhões de euros (R$ 13 milhões).
- Valor usado para pagar a contratação do zagueiro Juninho: 3 milhões de euros (R$ 11,2 milhões)
- Valor líquido para o Palmeiras: 1,5 milhão de euros (R$ 5,8 milhões)

Gabriel Jesus vendido para o Manchester City (ING):
- Valor total: 32,75 milhões de euros (hoje R$ 124,4 milhões - R$ 121 milhões à época)
- Fatia de Jesus e seu empresário, Cristiano Simões: 12 milhões de euros (R$ 46,4 milhões)
- Fatia de Fábio Caran, ex-empresário: cerca de 2,25 milhões de euros (perto de R$ 8 milhões)
- Valor líquido para o Palmeiras: cerca de 18,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 70 milhões)

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance