Rogério Ceni elogia Fábio e os garotos da base do Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Rogério Ceni elogia Fábio e os garotos da base do Cruzeiro

Cruzeiro x Vasco - Rogério Ceni
Ceni ficou satisfeito com Fábio e Maurício na boa vitória sobre o Vasco- (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 02/09/2019 - 09:00
 Belo Horizonte
Parece que Rogério Ceni está conectado com a vitória agora como treinador do Cruzeiro, pelo menos em jogos no Mineirão. Depois de vencer o Santos em sua estreia no comando da equipe, o Cruzeiro voltou a jogar em Belo Horizonte neste domingo e triunfou sobre o Vasco eu um jogo muito complicado diante do seu torcedor.

O treinador avaliou a vitória como um importante passo do Clube na competição nacional, apesar de não ter feito a partida ideal. Ceni falou sobre o momento importante na partida, quando o goleiro Fábio pegou o pênalti e mudou a história do confronto.

-O Cruzeiro começou melhor a partida, pressionando o adversário. Depois, o Vasco deu uma equilibrada. Na volta do segundo tempo, nós voltamos bem, tivemos maior posse, mas o Vasco equilibrou e melhorou no jogo no momento do pênalti. Tomamos uma bola nas costas, foi a segunda no jogo que tomamos. Naquela ocasião, aconteceu o pênalti. A gente tem que jogar de forma posicional, o jogo é posicional, a gente não pode quebrar a linha. Estava vendo que o Egídio não saiu, não demos a arrancada no momento correto para fazer a cobertura. Depois da defesa do Fábio, aquilo nos motivou muito, e foi como o Cruzeiro consegui forças- disse o treinador que espera uma evolução o time na parte ofensiva.


E MAIS:
-Tem muitas bolas que voltamos para trás, que começamos o jogo sem necessidade, podemos jogar melhor. Tivemos dificuldade na saída de jogo, vou tentar inserir a características que gosto, vamos tentar nos adaptar, mas podemos ser mais objetivos, errar menos passes, caprichar mais- complementou.

Além da vitória, Rogério Ceni destacou o grande trabalho feito na base celeste. Para o treinador celeste, os jovens valores ainda não estão prontos, mas já vão mostrando o importante papel que eles têm no grupo de profissionais da Raposa.

-Fico feliz pelo Mauricio, um jovem da base, de 18 anos, assim como Éderson, que teve uma oportunidade. Acho que ainda não estão prontos, mas ganhar minutos como estes e ter a felicidade de fazer o gol da vitória, a bola sobrou no pé esquerdo dele, que é o forte, fico contente, são jovens do Clube que vão mostrando para o torcedor que na base tem bons valores- finalizou.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance