Botafogo e Sport se acertam, e Ezequiel vai defender o Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Botafogo e Sport se acertam, e Ezequiel vai defender o Cruzeiro

Ezequiel é um pedido de Rogério Ceni para aumentar as alternativas ofensivas do Cruzeiro
Ezequiel acertou com o Cruzeiro (Foto: Anderson Stevens/Sport)
Sergio Santana - 30/08/2019 - 12:24
Rio de Janeiro (RJ)
O desfecho da negociação envolvendo Ezequiel teve um final feliz para o Cruzeiro. A pedido de Rogério Ceni, treinador recém-contratado, a Raposa fechou a contratação do atacante, que jogará no clube mineiro por empréstimo junto ao Botafogo, dono dos direitos federativos do atleta de 21 anos, até o final da temporada.

Botafogo e Cruzeiro estavam acertados há alguns dias, mas a indefinição ficou por conta do Sport, clube que Ezequiel vinha atuando desde o começo do ano, também por empréstimo junto ao Alvinegro. O clube pernambucano, de primeira, liberaria o jogador apenas com o pagamento de uma multa pela quebra do empréstimo, mas, após negociações, chegou a um acordo com o time carioca e o atacante está a caminho da Raposa.

O Botafogo vai receber R$ 500 mil pelo empréstimo e vai repassar parte do valor - quantias não divulgadas - ao Sport, por uma taxa de vitrine. Ezequiel viajou para Minas Gerais na última quinta-feira e já não joga mais pelo Sport, que entrará em campo neste sábado para enfrentar o Oeste, pela Série B.



E MAIS:
O atacante, criado nas categorias de base do Botafogo, assinou um contrato com o Cruzeiro até o fim do Brasileirão, mas o vínculo poderá ser estendido até o Campeonato Mineiro do ano que vem. Ezequiel já se despediu dos companheiros de Sport e deixa o Leão da Ilha tendo sido o melhor jogador do último Campeonato Pernambucano. Na segunda divisão, foram quatro assistências em 16 partidas disputadas, sem ter feito gols.

O Botafogo deu sinal verde quando o Cruzeiro acenou com o interesse em Ezequiel. Para o Glorioso, é melhor ter o atacante jogando em um clube da primeira divisão nacional. Caso ele se destaque em um time do "G12" do país, a chance de valorização - e de uma possível venda - é maior, o que será bom para o Alvinegro, que passa por dificuldades financeiras.

Facebook Lance Twitter Lance