CNRD investiga Cruzeiro, que poderá ser proibido de registrar jogadores
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

CNRD investiga Cruzeiro, que poderá ser proibido de registrar jogadores

Foi o primeiro balanço da administração de Wágner Pires de  Sá, à esquerda, que iniciou o seu mandato em janeiro do ano passado
Os principais alvos das denúncias são o presidente Wagner Pires de Sá e o vice afastado e atual assessor esportivo, Itair Machado- (Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 31/08/2019 - 19:43
Belo Horizonte
A Câmara Nacional de Resoluções de Disputas da CBF(CNRD), iniciou uma investigação sobre o Cruzeiro com base nas denúncias contra o clube de irregularidades financeiras e transações de jogadores que violam o código da CBF e FIFA.

O processo foi confirmado pelo diretor de Registro, Transferência e Licenciamento de Clubes da CBF, Reynaldo Buzzoni. Se o Cruzeiro for condenado poderá ficar sem poder registrar jogadores enquanto a punição estiver valendo.

O principal alvo da investigação da CNRD é a relação da Raposa com empresário Cristiano Richard, que emprestou dinheiro para o clube, recebendo como garantia direitos econômicos de vários jogadores, incluindo um menor de idade, o que é proibido por lei.


E MAIS:
Outra infração é a cessão de direitos econômicos de atletas, algo que a FIFA proíbe desde 2015. Richard também não poderia agir como agente de jogadores, pois não possui registro de intermediário na CBF.

A CNRD é uma entidade para gerir conflitos entre os afiliados da CBF e jogadores e foi criada em 2016. Recentemente, o órgão está no meio de um imbróglio envolvendo Cruzeiro e Atlético-MG, para decidir se o Galo receberá uma multa de 10 milhões de reais por uma suposta quebra de contrato do atacante Fred, atualmente na Raposa. O Cruzeiro não quis se pronunciar sobre o caso.





E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance