Prejuízo milionário: ecos financeiros da eliminação histórica do Botafogo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Prejuízo milionário: ecos financeiros da eliminação histórica do Botafogo

Aparecidense x Botafogo
O gol de Rodrigo Pimpão, o camisa 7, foi o único bom momento do Botafogo na Copa do Brasil (Frame/Globoesporte)
LANCE! - 07/02/2018 - 14:41
Rio de Janeiro (RJ)
Noves fora o mérito da Aparecidense e a atuação trágica do Botafogo, há problemas a mais olhando para frente. Ocorre que a Copa do Brasil, a partir deste 2018, passou a premiar melhor os participantes. Ao ser eliminado ainda na primeira fase, o Glorioso abocanhou somente o primeiro milhão de reais pago pela CBF.

No caso de clubes do grupo 1, o qual o Alvinegro pertence, participar da segunda fase resultaria em mais R$1,2 milhão. O adversário seria o Cuiabá, da terceira divisão nacional.

Adiante, as premiações também ajudariam bastante a combalida conta bancária do clube de General Severiano. Confira os valores abaixo.

1ª fase: R$1 milhão
2ª fase: R$1,2 milhão
3ª fase: R$1,4 milhão (valores iguais para todos os clubes a partir desta fase)
​4ª fase: R$1,8 milhão
​Oitavas de final: R$2,4 milhões
Quartas de final: R$3 milhões
Semifinal: R$6,5 milhões
​Final: R$50 milhões (campeão)/R$20 milhões (vice)

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance