COB realiza série de ações virtuais para comemorar os cem anos do Brasil em Jogos Olímpicos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

COB realiza série de ações virtuais para comemorar os cem anos do Brasil em Jogos Olímpicos

Paulo Wanderley, presidente do COB
Paulo Wanderley, presidente do COB,  destacou a importância das ações virtuais para exaltar os feitos dos atletas pioneiros do Brasil em Olimpíadas (Crédito: Agência Brasil)
LANCE! - 31/07/2020 - 15:19
Rio de Janeiro (RJ)
No dia 02 de agosto de 1920 começava a história de sucesso do esporte olímpico brasileiro. Foi nesse dia que o atirador Afrânio Costa e a equipe brasileira garantiram duas conquistas. E justamente na semana em que se celebram os 100 anos das primeiras conquistas brasileiras em Jogos Olímpicos, o COB prepara uma série de conteúdos especiais em suas diversas plataformas.

Vale lembrar que em 1920, na pistola de tiro livre, o atirador Afrânio Costa, do Fluminense, ficou com a medalha de prata e seus 489 pontos, somados ao resultado da equipe brasileira (formado ainda por Guilherme Paraense, Sebastião Wolf, Dario Barbosa e Fernando Soledade), foram fundamentais para o bronze conquistado pelo quinteto na disputa por países, que ocorreu concomitantemente à prova individual.

Se a primeira impressão deixada pelos atiradores brasileiros já havia sido excelente, no dia seguinte veio a consagração. Natural de Belém (PA), o tenente Guilherme Paraense somou 274 pontos e conquistou o inédito ouro olímpico na prova de tiro rápido.



- Temos que contar e exaltar a façanha destes personagens que foram pioneiros no esporte nacional. O que começou com Guilherme Paraense, Afrânio Costa e os demais atiradores, hoje é engrandecida por novos ídolos como Ana Marcela, Arthur Zanetti, Martine Grael e Kahena Kunze, Isaquias Queiroz e Hugo Calderano, dentre tantos outros, que estão preparando para manter a tradição de conquistas do Brasil em Tóquio -  afirmou o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley.

Aqueles que desconhecem a história dos 21 atletas que embarcaram para a Antuérpia, por exemplo, terão a chance de descobrir através das ilustrações do fotógrafo e cartunista Saulo Cruz. Seis charges, uma publicada por dia nas redes sociais do Time Brasil, trarão detalhes da viagem a bordo do navio Curvello e das façanhas realizadas pelos atiradores brasileiros. A história dos 100 anos também será contada em vídeo, com a narração especial do medalhista olímpico, apresentador e fundador do Instituto Reação, Flávio Canto.

Além disso, como não poderia deixar de ser, lembramos da grande homenagem prestada pelo COB a Guilherme Paraense, primeiro campeão olímpico do Brasil, quando ele entrou para o Hall da Fama em 2019.

Outra forma de aprender sobre a campanha brasileira na Bélgica será por meio de uma série de perguntas que serão feitas no stories do perfil do Time Brasil no Instagram. Já a live especial do COB na quarta, 05/08, às 19h, será dedicada aos 100 anos da história olímpica brasileira, com a participação da gerente de Cultura e Valores Olímpicos do COB, Carolina Araújo, do historiador Dhaniel Cohen, do jornalista Guilherme Costa e do atirador Emerson Duarte.

E as homenagens e conteúdos especiais não ficam apenas nas redes sociais. O portal do COB trará a cada dia da semana um nova publicação dando detalhes da primeira participação olímpica, como os desafios enfrentados pelos pioneiros, perfis detalhados dos medalhistas Guilherme Paraense e Afrânio Costa, as inovações de Antuérpia 1920, a primeira edição de Jogos Olímpicos depois da Primeira Guerra Mundial, dentre outros temas de relevância nessa comemoração do Centenário da participação e de conquistas olímpicas.

- É uma semana para celebrar a história olímpica brasileiro. E, por isso, estamos convocando todos os amantes de esporte, a nossa torcida, para interagirem conosco nas redes sociais do Time Brasil! Vamos fazer uma grande celebração virtual no aquecimento para Tóquio 2020 -  disse Manoela Penna, diretora de Comunicação e Marketing do COB.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance