No Barradão, Vitória e Fortaleza começam no Nordestão sem gols
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

No Barradão, Vitória e Fortaleza começam no Nordestão sem gols

Futebol Latino - 25/01/2020 - 17:02
Salvador (BA)
O início de Vitória e Fortaleza na Copa do Nordeste 2020 ocorreu em uma partida marcada por poucas chances de gol e uma igualdade de 0 a 0 no estádio do Barradão na tarde desse sábado (25). 

CADA UM NA SUA

Apesar de mandante, o time Rubro-Negro não subia tanto as suas linhas de marcação e preferia não dar qualquer tipo de abertura para que os visitantes, notoriamente interessados em jogar baseados na velocidade pelas pontas, tivessem campo para atuar.



-->
Com esse contexto, a partida ficou com contornos de uma disputa bastante travada no setor central e só teve uma mudança maior de figura quando o Vitória apostava nas bolas paradas. Foi assim que Gerson Magrão aproveitou cruzamento e foi travado pela marcação e chutou para defesa de Felipe Alves.  

LEÕES EM SHOW DE ERROS

Por parte do Leão do Pici, a equipe de Rogério Ceni esbarrava não apenas na marcação adversária como também, principalmente na saída de bola, correram sérios riscos no trabalho que acionava os defensores e o arqueiro Felipe Alves. Já no lado do Leão da Barra, o time se aproveitava da sua eficiência na retomada da posse, porém tinha dificuldade em finalizar as oportunidades que surgiam. Fazendo com que, assim, o primeiro tempo fosse marcado pelo alto grau de dedicação e poucos momentos de emoção.

MILAGRE(S) NO BARRADÃO!

Aos 17 minutos do tempo complementar, o goleiro Felipe Alves precisou trabalhar de maneira espetacular em cobrança de falta executada por Thiago Carleto. Depois da pancada do lateral-esquerdo defendida parcialmente por Felipe, ela se ofereceu para Maurício Ramos que, frente a frente, bateu para o arqueiro do Fortaleza pular e fazer uma intervenção incrível.

No escanteio que veio logo depois da sequência de defesas, ele foi de novo acionado fazendo boa intervenção no momento que Léo Ceará subiu mais que a zaga do Leão do Pici e cabeceou bem.

SEM GOLEIRO! MAS SEM GOL

Pouco tempo depois da "mini blitz" dos anfitriões terem grandes chances de marcarem, veio aquela que foi o momento alto dos comandados de Rogério Ceni caindo nos pés de Éderson uma oportunidade ótima de tirar o seu zero do marcador. Após bola passada para o atacante dentro da grande área, ele teve tempo de fintar a marcação e, com o arqueiro Martín Rodríguez caído no chão, bateu muito mal jogando pela linha lateral.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance