Relembre treinadores de seleções que enfrentaram o próprio país
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



26/06/2019 | 14:19

Relembre treinadores de seleções que enfrentaram o próprio país

  •  Montagem - Joel Santana (Africa do Sul), Felipão (Portugal) e Sampaoli (Chile)
    Nem sempre uma seleção de futebol é comandada por um técnico de seu país e, quando isso ocorre, o treinador pode ter que enfrentar o seu país de origem. Atualmente, o colombiano Reinaldo Rueda comanda o Chile e vai enfrentar a Colômbia nas quartas de final da Copa América. Felipão treinou Portugal e enfrentou o Brasil, assim como Joel Santana, com a África do Sul, enquanto Sampaoli conquistou uma Copa América em cima da Argentina. Relembre outros casos. (Foto: Reprodução)
  •  Reinaldo Rueda - Chile
    No comando do Chile, Reinaldo Rueda vai enfrentar pela primeira vez a Colômbia. A partida vai ser válida pelas quartas de final da Copa América, nesta sexta-feira, às 20h, na Arena Corinthians. (Foto: JUAN MABROMATA / AFP)
  •  Felipão dirigindo Portugal na Euro de 2008
    Em 2007, Felipão, então no comando de Portugal, enfrentou o Brasil em um amistoso. Os portugueses venceram a Seleção Brasileira, por 2 a 0, com gols de Simão e Ricardo Carvalho. O ataque do Brasil era composto por Fred e Rafael Sóbis, com Kaká e Elano na armação. Cristiano Ronaldo foi titular. AFP
  •  Joel Santana (África do Sul)
    Na Copa das Confederações de 2009, o Brasil, de Dunga, enfrentou a África do Sul, de Joel Santana, nas semifinais. Melhor para os brasileiros, que venceram, por 1 a 0, com gol de Daniel Alves. (Foto: Reprodução)
  •  Didi (Peru)
    Bicampeão do mundo com o Brasil e ídolo do Botafogo, Didi treinou o Sporting Cristal nos anos 60 e fez história ao conquistar o título do Campeonato Peruano em 1968. O feito fez com que o brasileiro fosse convidado para treinar a seleção peruana. Na Copa de 70, após uma grande campanha na fase de grupos, o Peru perdeu para o Brasil, que seria o campeão, nas quartas de final, por 4 a 2. Rivellino, Jairzinho e Tostão (2) fizeram os gols, enquanto Cubillas e Gallardo descontaram. (Foto: Reprodução)
  •  Brasil x Peru - Ricardo Gareca
    No comando do Peru, Ricardo Gareca já enfrentou a Argentina em duas ocasiões, com dois empates, ambos nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. O primeiro, empate em 2 a 2, com gols de Guerrero e Cueva, com Higuaín e Funes Mori descontando. O segundo, empate em 0 a 0. (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / AFP)
  •  Zico (Japão)
    De 2002 a 2006, Zico foi o técnico do Japão. O ex-jogador é um dos principais ídolos do futebol japonês. No comando da seleção japonesa, o Galinho enfrentou o Brasil duas vezes. A primeira vez foi na Copa das Confederações de 2005 e a partida terminou em 2 a 2. Robinho e Ronaldinho Gaúcho fizeram os gols brasileiros. A segunda fez foi na fase de grupos da Copa de 2006. O Brasil venceu por 4 a 1, com gols de Gilberto, Juninho Pernambucano e Ronaldo (2). (Foto: Reprodução)
  •  EUA x Brasil - Amistoso Internacional - Klinsmann (Foto: Billie Weiss / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)
    Jürgen Klinsmann enfrentou a Alemanha na Copa do Mundo de 2014. No comando dos Estados Unidos, o alemão foi derrotado por seu país, por 1 a 0, com gol de Thomas Müller. EUA x Brasil - Amistoso Internacional - Klinsmann (Foto: Billie Weiss / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / AFP)
  •  Hiddink observa o jogo
    Guus Hiddink enfrentou a Holanda no comando da Turquia, em 2010, em um amistoso e perdeu, por 1 a 0, com gol de Huntelaar. Quando era treinador da Rússia também enfrentou seu país natal. Foram três ocasiões, com um empate, uma derrota e uma vitória. O triunfo foi nas quartas de final da Eurocopa de 2008. Uma vitória por 3 a 1, com gols de Pavlyuchenko, Arshavin e Torbinski. Van Nilstelrooy descontou. (Foto: Ben Stansall / AFP)
  •  Roberto Martínez - Inglaterra x Bélgica
    Terceiro colocado com a Bélgica na última Copa do Mundo, a estreia de Roberto Martínez na equipe foi justamente contra a Espanha, seu terra de origem. A seleção belga perdeu, em amistoso, por 2 a 0, em 2016. David Silva marcou os dois gols. (Foto: GIUSEPPE CACACE / AFP)
  •  Giovanni Trapattoni
    Um dos grandes treinadores italianos de todos os tempos, Giovanni Trappatoni enfrentou a Itália, no comando da Irlanda, em quatro ocasiões. Foram dois empates, uma derrota e uma vitória. O triunfo foi em um amistoso em 2011, por 2 a 0. Giovanni Trapattoni (Foto: Divulgação)
  •  Sven-Goran Eriksson
    No comando do México, Sven-Göran Eriksson enfrentou a Suécia e perdeu, por 1 a 0, com gol de Farnerud. Quando treinava a Inglaterra enfrentou seu país de origem em quatro oportunidades, com três empates e uma derrota. (Foto: Reprodução)
  •  Chile x Equador - Copa América - Jorge Sampaoli (Foto: Martin Bernetti/AFP)
    Atualmente no Santos, Jorge Sampaoli liderou a seleção chilena ao título da Copa América. O treinador argentino venceu a seleção de seu país na final, nos pênaltis. Chile x Equador - Copa América - Jorge Sampaoli (Foto: Martin Bernetti/AFP)
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance