Talentos, renovação, bons resultados.. Conheça a nova geração do Ajax
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Talentos, renovação, bons resultados.. Conheça a nova geração do Ajax

  •  Montagem Ajax: De Ligt, Frenkie De Jong e Donny van de Beek
    De Ligt, Frenkie De Jong e Donny van de Beek são os jogadores que melhor representam o futuro do Ajax AFP
  •  Donny van de Beek - Ajax
    Donny van de Beek marcou na sua estreia na Liga dos Campeões AFP
  •  Frenkie De Jong - Ajax
    Frenkie De Jong  é frequentemente especulado em clubes como Barcelona e Real Madrid AFP
  •  De Ligt - Ajax
    De Ligt é o capitão do Ajax e tem apenas 19 anos AFP
  •  De Ligt (Ajax)
    O jogador chama atenção por sua força física (Foto: Divulgação)
  •  Ajax x AEK
    O Ajax venceu o AEK, por 3 a 0, na estreia da Liga dos Campeões (Foto: Reprodução)
Igor Galletti* - 02/10/2018 - 08:00
Amsterdam (HOL)
O Ajax é um dos clubes mais vitoriosos da Europa. Com quatro títulos da Liga dos Campeões, o clube holandês se destaca, também, pela quantidade de craques que revela. Johan Cruijff, Van Basten, Seedorf, Davids e Sneijder são alguns dos exemplos que saíram da base do Ajax. No atual elenco, uma nova geração de jogadores surge com grande potencial e despertam a cobiça de grandes clubes europeus. O zagueiro Mathis de Ligt, o volante Frenkie De Jong e o meia ofensivo Donny van de Beek são os principais expoentes dessa nova geração. 

Nesta terça-feira, às 16h, o Ajax visita o Bayern de Munique, para tentar manter a liderança do Grupo E da Liga dos Campeões. O L! conversou com jornalista holandês para conhecer um pouco mais dessa nova geração do Ajax, para entender como é feita formação dos atletas no clube e entender mais da reestruturação do futebol holandês. 

Aproveite e escale seu time na Champions. Baixe o aplicativo LANCE! Premium League e divirta-se: https://www.lance.com.br/resources/premium-league

Três jogadores, três olhares para o futuro
Mathis de Ligt, Frenkie de Jong e Donny van de Beek: três jogadores que melhor ilustram nova geração do Ajax. De Ligt é um zagueiro de força física, mas também de habilidade. Assumiu a braçadeira de capitão do Ajax com apenas 19 anos, o que ilustra sua postura dentro de campo, maturidade e confiança do corpo técnico.

Frenkie De Jong e Van de Beek são mais velhos: ambos tem 21 anos. Meio campo dinâmico, Van de Beek joga muito próximo da área e tem faro de gol. Na partida de estreia na Liga dos Campeões, entrou no segundo tempo e fez gol na vitória por 3 a 0, sobre o AEK. Na temporada, já soma três gols e uma assistência em 15 jogos.

- De Ligt é um defensor de muita força física e de grande técnica, De Jong é um meio campo muito talentoso, com bom passe e Van der Beek é um meia muito dinâmico, com boa finalização. Esses são três jogadores que já são muito importantes para o Ajax, porém são muito jovens - disse Jeroen Kapteijns, do jornal holandês 'De Telegraaf'

De Jong é volante, daqueles que sabe jogar com a bola no pé, com boa saída de bola e visão de jogo. O holandês joga um futebol moderno que chama atenção. O Barcelona que o diga. O clube catalão fez de tudo para contratar o jogador na última janela, mas o Ajax, representado pelo ex jogador e atual diretor de futebol, Marc Overmars, bateu o pé e não cedeu.

- Barcelona, Real Madrid e Manchester United já querem contrata-los, especialmente De Ligt e De Jong. A chance deles deixarem o Ajax na próxima janela é muito grande - analisa Jeroen

- Talvez um dia eu jogue no Barcelona, mas não nessa temporada. Eu permaneço no Ajax e acho que esse vai ser um bom ano - disse De Jong, ao 'NOS'

Presentes na reestruturação do futebol holandês
A Holanda, apesar de nunca ter conquistado uma Copa do Mundo, é uma seleção de muita tradição no futebol. Acostumada a estar sempre na disputa, a seleção holandesa não se classificou para a última edição da Copa e, atualmente, ocupa o distante 17º lugar no ranking da Fifa. Com três vices da competição (1974, 1978 e 2010), o Ajax contribuiu com diversos jogadores na história da seleção e continua cedendo na atual reestruturação do futebol holandês.

- De Ligt e De Jong já são titulares na seleção holandesa. De Ligt, que é capitão do Ajax com apenas 19 anos, tem sido titular na Holanda já tem um tempo. De Jong participou dos últimos dois jogos - disse Jeroens

Na última convocação da Holanda, para o amistoso contra o Peru e a estreia na Liga das Nações, contra a França, dos 34 jogadores convocados pelo técnico e ex-jogador Ronald Koeman, 14 passaram pela base do Ajax, incluindo De Ligt, Van de Beek e De Jong.

Cultura em focar nas divisões de base
Nas categorias de base do Ajax existe, não apenas uma cultura de revelar jogadores, mas todo um modelo e filosofia para desenvolver, da melhor forma possível, novos atletas. Entre as principais razões de produzir tantos craques, está o foco na construção da técnica, visão de jogo, personalidade e velocidade dos jogadores. A união dessas quatro competências é conhecida no clube como Modelo TIPS (em inglês). O clube também investe na educação e tem escolas próprias para os jogadores.

- Nós estamos alertas de que é importante para nossos jovens jogadores ter acesso a uma educação decente próximo de onde jogam futebol. A estrutura da escola é de alto nível - disse o clube à 'CNN', na inauguração do projeto 'Escola do Futuro', em 2015

Agregados a esse modelo, a filosofia do clube aposta no desenvolvimento da coordenação motora, finalizações, marcação, cabeceio, posicionamento em campo, entendimento do estilo de jogo e treinos em espaços reduzidos. Dessa forma, o jogador já entra em contato com o estilo de jogo usado na equipe principal, ainda nas divisões de base. Além disso, o Ajax não pensa duas vezes em utilizar jovens jogadores, criando um espaço propício para esse desenvolvimento.

- O Ajax tem uma escola de futebol muito boa e tem a cultura de dar oportunidade a jogadores jovens. Essa é uma razão importante para o clube revelar tantos jogadores talentosos - finalizou Jeroens

O Grupo E da Liga dos Campeões
​Com uma boa apresentação na estreia, o Ajax é o líder do Grupo E e supera o Bayern de Munique, rival desta terça-feira, no saldo de gols. Ainda sem pontuar no grupo, o Benfica viaja para a Grécia e enfrenta o AEK, também nesta terça-feira, às 16h.

*sob a supervisão de Bernardo Cruz

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance