Gol olímpico, VAR, Mbappé expulso: Saiba como foi a vitória do PSG
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Gol olímpico, VAR, Mbappé expulso: Saiba como foi a vitória do PSG

Neymar comemora gol - PSG
Neymar abriu o placar do jogo (Foto: AFP/Pascal Guyot)
Igor Galletti* - 01/09/2018 - 14:01
Nîmes (FRA)
Foi um jogo cheio de atrativos. Se enganou quem achava que o PSG ia vencer com facilidade o Nîmes. Neste sábado, o clube parisiense, mostrou a força do seu elenco e, apesar da pressão do adversário, garantiu a quarta vitória consecutiva na Ligue One. Neymar abriu o placar e Di María ampliou com um belo gol olímpico. O Nîmes diminuiu com um golaço de Bobichon e empatou com Savanier, em penâlti marcado pelo VAR. Mbappé (expulso nos acréscimos) e Cavani, porém, marcam e decidem a partida no fim: 4 a 2.

Neymar marca e provoca
O PSG entrou em campo e manteve a mesma formação da partida anterior. O técnico alemão Tomas Tuchel optou por mudar Neymar de posição e puxou o craque brasileiro para a articulação das jogadas, isto é, jogando atrás de Cavani e Mbappé, mais centralizado e vindo de trás, ao invés de jogar na ponta, como fez em toda a sua carreira na Europa.


A mudança agradou Neymar e, na rodada anterior, contra o Angers, a tática deu certo e Neymar marcou um gol e deu uma assistência, na vitória por 3 a 1. O brasileiro foi quem abriu o placar da partida. Após boa troca de passes, a bola chegou em Meunier. O lateral francês cruzou e Neymar completou para o fundo das redes. Na comemoração, o brasileiro foi até a torcida e fez comemorou como se estivesse chorando. A torcida do Nîmes levou uma faixa em que dizia que o jogador era "chorão".

Gol olímpico argentino
Sem oferecer dificuldades e resistência para o adversário, o Nîmes foi envolvido com facilidade pelo clube parisiense. Apenas quatro minutos depois de Neymar abrir o placar, Di María marcou um golaço para ampliar a vantagem. O atacante bateu o escanteio com caraterística categoria e bastante efeito. A bola pegou uma curva e entrou próximo da primeira trave. Gol olímpico do argentino.

Golaço do Nîmes
Com um elenco mais forte, bom posicionamento tático e posse de bola, a tendência era que o líder do campeonato ampliasse ainda mais a partida. O Nîmes, porém, surpreendeu com um lindo gol. Thioub partiu para cima de Marquinhos, conseguiu o primeiro drible, mas perdeu a bola no segundo. O atacante francês conseguiu manter a posse e rolou para Bobichon. O lateral-direito acertou um belo chute de fora da área, no ângulo, sem chances para Areola.

VAR entra em ação
O Nîmes não se contentou e passou a atacar o PSG. Cinco minutos depois de descontar, Valls toma a frente de Thiago Silva e é derrubado. A príncípio, o árbitro Jérôme Brisard não marcou o pênalti, mas a tecnologia sim. O juiz francês consultou o VAR, voltou atrás e confirmou a penalidade. Savanier cobrou no canto esquerdo e empatou a partida.

Mbappé impede reação de Nîmes
Com o gol de empate, o Nîmes passou a crescer na partida e passou a oferecer perigo ao PSG. Valls recebeu na área e chutou no travessão, para delírio da torcida local. O clube parisiense, porém, tem um dos melhores elencos da Europa e foi no talento individual que o time comandado por Tuchel freou as investidas do Nîmes.

Mbappé segue como um dos protagonistas da equipe. Atual campeão do mundo com a França e eleito melhor jogador jovem da Copa do Mundo de 2018, o francês começou o jogo nervoso e tomou cartão amarelo, logo no início, por reclamação. Com boas oportunidades, não tinha, ainda, deixado o seu gol. Quando o Nîmes estava melhor na partida, Mbappé recebeu belo lançamento de Kimpembe, dominou com categoria e bateu forte, sem chances para o goleiro.

Cavani deixa o dele e Mbappé é expulso
Neymar e Mbappé já tinham marcado, faltava Cavani. O uruguaio estava apagado e não teve um bom desempenho no jogo. No fim, porém, recebeu bola enfiada e tocou na saída do goleiro para dar números finais a partida. Ainda sobrou tempo para uma discussão acalorada. Após sofrer falta, Mbappé foi tirar satisfação com Savanier e empurra o atacante. O juiz não teve dúvida, expulsou os dois jogadores e apitou o final da partida.



Facebook Lance Twitter Lance