Em dia de protestos, Sérgio Santos Rodrigues é eleito o presidente do Cruzeiro de 2021 a 2023
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Em dia de protestos, Sérgio Santos Rodrigues é eleito o presidente do Cruzeiro de 2021 a 2023

Sérgio Santos Rodrigues foi eleito por aclamação, pois tinha apenas a sua chapa inscrita nas eleições
Sérgio Rodrigues será o presidente do centenário e ficará no cargo entre janeiro de 2021 e dezembro de 2023.(Igor Sales/Cruzeiro)
LANCE! - 07/10/2020 - 21:06
Sérgio Santos Rodrigues está reeleito presidente do Cruzeiro Esporte Clube. Em eleição realizada nesta quarta-feira, no Ginásio do Barro Preto, o advogado e atual mandatário da Raposa foi confirmado como o responsável por conduzir o Time Cinco Estrelas entre janeiro de 2021 e dezembro de 2023.

Além de Sérgio, foram eleitos pela chapa “Um Novo Cruzeiro”, única inscrita no pleito, Lidson Potsch Magalhães e Biagio Teodoro Peluso como 1º e 2º vice-presidentes, respectivamente. Os vencedores receberam 190 dos 205 votos contabilizados.

No Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues foi escolhido presidente para um mandato temporário em maio deste ano, assumindo o clube em um dos momentos mais difíceis e conturbados de sua história com crise financeira, esportiva e casos de corrupção interna na gestão de Wagner Pires e Sá.


O dirigente reeleito nesta quarta também já foi assessor jurídico da presidência, superintendente de gestão estratégica, superintendente de negócios internacionais e superintendente de futebol.

ELEIÇÕES CRUZEIRO - 07/10/2020
Total de votos: 205
Chapa "Um Novo Cruzeiro": 190
Brancos: 11
Nulos: 4


E MAIS:
Protestos durante o pleito

Depois de haver uma invasão na Toca da Raposa II na manhã desta quarta-feira, 7 de outubro, com um grupo de torcedores de organizadas cobrando dos jogadores, outra manifestação de cruzeirenses aconteceu na sede do clube, no Barro Preto, Região Centro-Sul de BH.

Faixas, cantos e diversas palavras de ordem e contrariedade com a atual gestão do Cruzeiro e do time de futebol, foram observados durante a eleição que confirmou Sérgio Santos Rodrigues como o presidente do centenário celeste.

Havia cerca de 200 pessoas, que se inflamaram em vários momentos e ameaçaram invadir o local de votação. Outro alvo da ira dos presentes era o supervisor de futebol, Benecy Queiroz, sempre criticado pelo torcedor como um dos dirigentes arcaicos do clube que não deveria mais servir ao Cruzeiro. Apesar do clima hostil, não houve grandes tumultos que necessitasse de intervenção policial.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance