Vasconcellos presta queixa sobre denúncias de retirada de materiais de São Januário
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Vasconcellos presta queixa sobre denúncias de retirada de materiais de São Januário

Ricardo Vasconcellos - Assessor especial da Presidência do Vasco
Vasconcellos prestou queixa contra autores de denúncias de 'feirão' em São Januário (Foto: David Nascimento)
David Nascimento - 12/01/2018 - 18:03
Rio de Janeiro (RJ)
O assessor especial da presidência do Vasco, Ricardo Vasconcellos, foi até a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, na Cidade da Polícia, no Jacarezinho, Zona Norte do Rio de Janeiro, na tarde desta sexta-feira. Ele prestou queixa contra autores dos possíveis boatos que surgiram na última quinta, de que materiais esportivos e equipamentos eletrônicos estavam sendo retirados de São Januário e dados para funcionários.

Na chegada à delegacia, Vasconcellos classificou as denúncias como 'covardia com a instituição'. Segundo ele, a polícia esteve em São Januário nesta sexta e comprovou que não teve nada de errado.

- Estão fazendo covardia com a instituição, não com a figura do presidente. Isso vem ocorrendo desde o jogo com o Flamengo. A Polícia esteve lá (em São Januário). Não teve nenhum arrombamento. Viu tudo lá. Eu não tenho que comprovar nada. Dos uniformes da Umbro não foi retirado uma camisa. Nada. Foi filmado tudo. Esse boato é para desmoralizar mais ainda - disse o dirigente cruz-maltino.

O delegado responsável pelo caso acabou tendo que ir para uma operação policial na região. Assim,  não poderá falar com a imprensa nesta sexta-feira.

Na manhã desta sexta, Julio Brant e aliados registraram um boletim de ocorrência na 17ª DP, em São Cristovão, relatando possíveis saídas irregulares de materiais do Vasco.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance