Fellipe Bastos reencontra Vasco, lembra 2011 e abole dancinhas: 'Estou responsável'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Fellipe Bastos reencontra Vasco, lembra 2011 e abole dancinhas: 'Estou responsável'

  •  Sport x Atlético-PR
    Sport x Atlético-PR Foto: Willians Aguiar/Sport Club do Recife
  •  Fellipe Bastos - Vasco 2011
    Fellipe Bastos - Vasco 2011 (Foto: Divulgação)
  •  Fellipe Bastos - com a camisa da Vasco
    Fellipe Bastos - com a camisa da Vasco (Foto: Ale Cabral)
  •  Bernardo e Fellipe Bastos (Fotos: Cleber Mendes)
    Bernardo e Fellipe Bastos (Fotos: Cleber Mendes) Bernardo e Fellipe Bastos (Fotos: Cleber Mendes)
João Mércio Gomes - 09/06/2018 - 08:40
Rio de Janeiro (RJ)
Retornar a um lugar onde foi sua casa por quatro anos tem sempre um gostinho especial. É o caso de Fellipe Bastos que, nesta noite, vestindo a camisa do Sport, volta a São Januário para enfrentar o Vasco no Brasileirão. Em entrevista ao LANCE!, o volante de 28 anos contou as expectativas do reencontro com a torcida, que mesmo pegando no seu pé em alguns momentos, o acolheu e ajudou a crescer na carreira. Ele só guarda boas recordações

- É diferente, né? Reencontrar a torcida, São Januário... vivi quatro anos dentro do clube. Virei fã da torcida do Vasco, gosto muito apesar de ter vivido entre tapas e beijos (risos). Hoje vivo um novo momento na carreira, mas não deixo de torcer pelo clube e querer bem. Vasco me deu oportunidade de mostrar meu trabalho para o futebol brasileiro - afirma Fellipe Bastos ao LANCE!.

Depois do Vasco, Fellipe ainda passou por Ponte Preta, Grêmio, dois clubes dos Emirados Árabes e Corinthians até chegar ao Sport. No Rubro-Negro pernambucano, o jogador chegou e assumiu a posição. Em nove jogos disputados neste Brasileirão, foram cinco vitórias. A última delas, inclusive, com um golaço de fora da área - uma de suas características. O bom momento do clube é fácil de se explicar.

- O segredo é o bom ambiente que nós temos. Aqui é muito bom, a gente se doa, trabalha muito. E é isso que fazemos nos jogos, pensando jogo a jogo para fazer um bom Brasileiro.


Sport x Atlético-PR
Fellipe Bastos marcou um golaço na última rodada do Brasileirão

Gloria a Deus sempre!!! #Pst🦁🦁🦁

Uma publicação compartilhada por Fellipe Bastos Oficial (@f.bastos06) em

O golaço foi publicado pelo jogador em sua conta oficial do Instagram. Minutos depois, um comentário chamou a atenção: o lateral Ramon, do Vasco, elogiou e brincou com o ex-companheiro.

- Que isso, careca, que chute foi esse moleque? Que Deus abençoes esse chute sempre, só não acerta esse aí no sábado hahaha. Te amo - brincou Ramon.

Questionado pelo LANCE! se ainda mantém contato com alguns ex-companheiros, Fellipe abriu o jogo.

- Claro, com a maioria dos jogadores de 2011. Ramon é um amigo pessoal, assim como Dedé, Anderson Martins, Diego Souza, Alecsandro, Fernando Prass, Bernardo, Felipe, Allan, Rômulo... todos os jogadores que participaram daquela campanha tenho contato. Éder Luís. São pessoas que me acompanham para vida toda. Foi um momento muito marcante na carreira e quero carregar essas pessoas pro resto da minha vida. 

Aquele título de 2011 completou sete anos justamente nesta semana. Qual foi o momento mais marcante que você lembra naquela campanha vitoriosa?
- Para mim a vitória contra o Avaí, fora, na Ressacada. Acreditei muito que a gente ia ser campeão, acreditei demais no título. Muito porque, na preleção, o Ricardo (Gomes) simplesmente não falou nada. Só deu para gente um panfleto que o Avaí já tinha separado uma viagem para Coritiba (local da final). Ele falou: 'Vocês vão deixar?'. A gente entrou e campo e fizemos dois a zero logo no início. Aquilo me marcou muito,

O que marcou muito sua trajetória no Vasco, além do futebol, foram as dancinhas nas comemorações dos gols. Se marcar em São Januário, já tem alguma preparada?
- Não (risos), já passei dessa fase de dançar. Quando era mais novo, a gente era mais empolgado. Agora estou numa fase mais responsável, sou pai de dois filhos. Mas se tiver gol vou comemorar com meus companheiros, respeitando o torcedor do Vasco que me acolheu muito bem aqui.

Bernando e Fellipe Bastos
Fellipe Bastos costumava comemorar os gols com dancinhas. Saudades dessa dupla em campo, torcedor?
Fellipe Bastos
Em 2011, o Vasco foi embalado pelo 'trem bala da Colina'...
Trem bala da Colina
... e Fellipe Bastos sempre estava no meio - até nos treinos!
E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance