Após ser cobrado, Cueva se irrita e diz: 'Fala com o Rodrigo Caio'; Dorival nega grupo rachado
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após ser cobrado, Cueva se irrita e diz: 'Fala com o Rodrigo Caio'; Dorival nega grupo rachado

Cueva e Rodrigo Caio
Depois de cobrança, Cueva pediu para falarem com Rodrigo Caio (Fotos: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
LANCE! - 09/09/2017 - 21:41
São Paulo (SP)
O empate com a Ponte Preta em 2 a 2 no Morumbi já havia sido desastroso para o São Paulo diante da intenção de deixar a zona da degola e após a partida o clima esquentou. Alguns jogadores se recusaram a falar na zona mista, inclusive Cueva, que entrou no fim do duelo e acabou, de forma irônica, indicando Rodrigo Caio para atender a imprensa.

Na cena que ocorreu depois de os jogadores começarem a sair do vestiário, o peruano discutiu com assessores do clube ao passar pelos jornalistas e se recusou a falar, mas não sem alfinetar o companheiro.

- Fala com o Rodrigo Caio. O Rodrigo Caio que vai falar - afirmou o meia na zona mista.

Cueva cita Rodrigo Caio dois dias após ser cobrado pelo zagueiro. Na última quinta-feira, perguntado sobre a fase do peruano e se  ele poderia render mais, Rodrigo disse:

- Situação difícil. Acho que é muito pelo momento que a gente vive. É difícil o jogador desempenhar o seu melhor. Já passei por muitas coisas aqui. Ainda mais para ele, que articula todas nossas jogadas. Mas ele também sabe, sabe que tem de melhorar. A gente tenta ajudá-lo, mas ele também tem de se ajudar, crescer, querer melhorar. Ele tem consciência disso. Esperamos que ele volte bem, focado, concentrado, e possa nos ajudar bastante.

Já o técnico Dorival Júnior tentou evitar ainda mais confusão. Na entrevista coletiva após a partida, o comandante disse que tratará do assunto internamente, mas negou que haja um racha no elenco.

- Grupo rachado não existe. Não tem isso. Em nenhum momento você viu grupo rachado hoje. Você viu um grupo querendo o resultado. A partir do momento da expulsão mudou o jogo completamente. Não vi grupo rachado. Vi uma equipe inteira em campo, tendo iniciativa, com uma partida administrada. A partir daquele momento, mudou o resultado. Esse fato vai ser trabalhado internamente. Resolveremos lá dentro - afirmou Dorival.

O técnico ainda evitou comentar sobre as declarações de Rodrigo e reiterou confiança no futebol de Cueva ao comentar se ele poderia ser mantido no banco já que Lucas Fernandes fez boa partida.

- Podem jogar os dois juntos, não tem problema nenhum nisso. Cueva é um grande jogador, não vamos abrir mão disso. Nenhuma equipe tem um jogador desses. Eu gosto muito dele, e ele sabe muito bem disso, ainda vai decidir para a gente. E o Lucas está buscando seu espaço. Do jeito que fez hoje, ele foi muito bem na partida, uma pena ter sentido e pedido para sair. Do contrário, teria ficado até o momento - analisou Dorival.

E MAIS:




icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance