Reserva na Bolívia, Ricardo Oliveira passou mal no vestiário do Santos
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Reserva na Bolívia, Ricardo Oliveira passou mal no vestiário do Santos

Ricardo Oliveira
Ricardo Oliveira sofreu com a altitude de La Paz (Foto: Ivan Storti / Santos FC)
LANCE! - 17/05/2017 - 22:29
Santos (SP)
A principal novidade do Santos contra o The Strongest foi a entrada do colombiano Vladimir Hernández no ataque, no lugar de Ricardo Oliveira, que ficou no banco de reservas, por opção técnica.

A ideia do técnico Dorival Júnior era usar o Pequeno Gigante para puxar contra-ataques e dar mais velocidade ao Peixe. No segundo tempo, porém, o camisa 9 passou a sentir complicações em decorrência da altitude de 3.600 metros de La Paz, como dores de cabeça e enjoo.

Ele passou o segundo tempo da partida no vestiário do Estádio Hernando Siles. Segundo o clube, o camisa 9 passa bem.

- O Ricardo, a principio, não estaria jogando. Foi uma definição para tirar a referência para povoar o meio-campo. O The Strongest penetra muito por dentro. Se tivéssemos um a mais flutuando, poderíamos neutralizar o início das jogadas. No banco, ele passou muito mal, não se sentiu bem, e ficou no vestiário. Agora, está mais recuperado. É natural que tenhamos ter um cuidado para saber o que aconteceu - disse Dorival.

O Santos levou oito tubos de oxigênio à Bolívia por precaução, já que um dos possíveis sintomas na altitude é o de falta de ar.

A logística do Peixe foi em função de minimizar os efeitos da altitude. A delegação ficou em Santa Cruz de la Sierra e só subiu para La Paz poucas horas antes do jogo. De acordo com os médicos, o corpo leva de seis a oito horas para sentir os efeitos.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance