Titular no Equador, Thiago destaca função defensiva e aprova empate
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Titular no Equador, Thiago destaca função defensiva e aprova empate

Thiago Ribeiro,Santos
Thiago Ribeiro retornou ao Peixe no início da temporada (Foto: Ivan Storti / Santos)
Russel Dias - 11/09/2017 - 22:07
Enviado especial a Guayaquil (ECU(
Sem Copete, machucado, o técnico Levir Culpi vai escolher Thiago Ribeiro para ser titular do Santos na quarta-feira, contra o Barcelona de Guayaquil, no Equador, pelo jogo de ida das quartas de final da Libertadores. Otimista com a chance, o atacante, que já substituiu o colombiano no último domingo, sabe o que deve fazer.

Apesar de ser atacante, o camisa 26 está preocupado com a marcação e em ajudar o sistema defensivo, característica exigida pelo treinador, que sempre cobra Bruno Henrique e Copete constantemente a respeito. 

Além disso, Thiago avalia que um empate no Estádio Monumental do Equador pode ser positivo para o Peixe, que decide a classificação para a semifinal da Libertadores na Vila Belmiro, no dia 20.

- Jogador que joga na ponta, tem que ajudar no sistema defensivo. Na nossa equipe ponta volta para recompor. Mas tenho que me esforçar para dar opção na frente e surpreender no contra-ataque. Tem que dar 100% e se cansar, tem outro no banco. Não pode se poupar. Se não jogar 90 minutos, sai e entra outro para manter o nível e sair com grande resultado.


- Um empate pode se dizer que é bom, ainda mais se for com gol, porque decidimos em casa. Mas o Santos tem que pensar em vencer. Tem que ter cautela e inteligência. Quanto melhor o resultado aqui, melhor para o jogo da volta. Tem que ter inteligência como tivemos contra o Corinthians - disse o atacante em entrevista coletiva após o treino regenerativo do Peixe na academia do hotel, em Guayaquil.

No último domingo, na vitória sobre o Corinthians, o atacante, que chegou ao Peixe em 2013, completou 100 partidas pelo clube de maneira inesperada, já que foi emprestado duas vezes e quase foi negociado definitivamente.

- Fico feliz de ter completado 100 jogos. Não sabia quando seria. Acabou acontecendo contra o Corinthians porque o Copete teve que sair. Isso me deixa feliz e motivado e tem que procurar dar sequência e procurar dar sequência nesses jogos difíceis e vou dar meu melhor - completou.

Nesta segunda-feira, os jogadores fizeram apenas uma atividade regenerativa. O elenco só vai a campo na terça-feira para fazer reconhecimento de gramado.

E MAIS:
icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance