Solari, Martínez, Pochettino... o perfil dos cotados para assumir o Real
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Solari, Martínez, Pochettino... o perfil dos cotados para assumir o Real

  •  Montagem - Pochettino, Martínez e Solari
    Pochettino, Roberto Martínez ou Solari? Comando do Real Madrid está em aberto (Foto: Reprodução/AFP)
  •  Solari na coletiva do Real Madrid
    Solari já venceu a primeira como técnico do Real Madrid (Foto: Gabriel Bouys / AFP)
  •  Roberto Martínez - Bélgica
    Roberto Martínez é o atual técnico da Bélgica (Foto: Alexander Nemenov / AFP)
  •  Roberto Martínez - Bélgica
    Bélgica ficou em terceiro lugar na Copa do Mundo, a melhor posição de sua história (Foto: Adrian Dennis / AFP)
  •  Roberto Martinez - Everton
    Roberto Martinez já foi treinador do Everton, Wigan e Swansea. No Wigan conquistou a Copa da Inglaterra, em 2012/13 (Foto: Oli Scarff / AFP)
  •  Maurício Pochettino
    Maurício Pochettino chegou no Tottenham, em 2013 e, desde então, o Tottenham passou a disputar o título da Premier League (Foto: GLYN KIRK / AFP)
  •  Harry Kane e Pochettino - Tottenham
    Harry Kane e Pochettino tem boa relação, assim como Dele Alli (Foto: Reprodução / Facebook)
  •  Mauricio Pochettino (foto:AFP)
    Mauricio Pochettino defendeu a Argentina na Copa do Mundo de 2002 Mauricio Pochettino (foto:AFP)
Igor Galletti* - 01/11/2018 - 14:57
Madri (ESP)
O Real Madrid demitiu, nesta semana, o treinador Julen Lopetegui. Em seu lugar, o ex-jogador e treinador do Real Madrid Castilla, Santiago Solari, assumiu a equipe interinamente. Em seu primeiro teste, venceu o Melilla, por 4 a 0, pela Copa do Rei, nesta quarta-feira, com a força da base e algumas mudanças táticas.

O argentino, porém, não é unanimidade no clube, que procura um técnico no mercado. Surgem como opções mais fortes, o treinador da Bélgica, Roberto Martínez e do Tottenham, Maurício Pochettino. O espanhol faz bom trabalho na seleção belga e tem boa relação com jogadores, como Courtois e Hazard (desejo antigo do Real). Pochettino, por sua vez, revolucionou os Spurs e já foi cogitado anteriormente na equipe espanhola.

Solari, ex-Galáctico
Atualmente, Solari comanda o Real Madrid. O ex-jogador do clube está sendo observado e assume o time interinamente. O argentino tem a vantagem de já conhecer a filosofia do clube, tanto como jogador quanto como treinador. Como jogador, defendeu os Merengues entre 2000 e 2005, período em que o clube ficou conhecido como os Galácticos, com um elenco que incluía Zidane, Ronaldo Fenômeno, David Beckham, Raul, Figo e Roberto Carlos.

Solari participou de 208 jogos, marcou 22 gols e deu 14 assistências. Jogava como meia esquerda e conquistou a Liga dos Campeões (2001/02) e dois Espanhóis (2001/01 e 2002/03). Teve uma passagem boa pela Internazionale e conquistou três Campeonatos Italianos (2005, 2006 e 2007).

Mudanças e força da base
Solari jogou junto com Zidane e substituiu o ex-jogador no comando do Real Madrid B (ou Castilla), quando o francês assumiu a equipe principal. Com isso, o argentino foi a opção imediata, tendo em vista a sua experiência com a equipe e a familiaridade com o estilo e filosofia do clube.

O treinador convocou quatro jogadores do Castilla, além de Vinícius Júnior: os defensores De La Fuente (19 anos) e Javi Sánchez (21), o meia Feuillassier (20) e o atacante Cristo (21). Vinícius Júnior não teve muitas oportunidades com Lopetegui e talvez seja positivo para o brasileiro ter Solari no comando.

Contra o Melilla, Vinícius Júnior deu passe para o gol de Asensio e teve atuação elogiada. Cristo, outro escolhido de Solari, marcou um dos gols, no triunfo por 4 a 0. Entre as mudanças já vistas e impostas por Solari, além do uso de Vinícius Júnior e da base, foi a utilização de Asensio, acostumado a jogar pelas pontas, como atacante de referência, e a aposta no lateral Odriozola.

- Trabalhar no Real Madrid é uma grande oportunidade e um trabalho lindo. Em qualquer lado, não apenas como treinador da primeira equipe. Suei essa camisa até a última gota, como os outros que passaram e estão. O Real Madrid nos inclui em sua grandeza. A ideia é ir para Melilla (próxima partida, pela Copa do Rei) e jogar com colhão - disse o treinador

Santiago Solari, como jogador do Real Madrid
Solari em sua época de jogador (Foto: Divulgação)
Martinez, seleção belga e Hazard
Uma das opções do Real Madrid para assumir as rédeas do clube é o treinador Roberto Martínez. O espanhol é o atual técnico da Bélgica e fez grande campanha com a equipe, levando os belgas a conquistar o terceiro lugar da última Copa do Mundo, melhor colocação da história do país.

Martínez está na seleção desde 2016, lida e tem boa relação com uma das maiores gerações da história da Bélgica, que incluem os jogadores Kevin De Bruyne, Lukaku e Mertens. Além de Courtois, atual goleiro do Real Madrid e Hazard, foco absoluto do Real nas últimas janelas de transferências. A chegada do treinador pode ser um ponto que pode ajudar em uma futura contratação.

- Nós fizemos história pela Bélgica. Este grupo foi um grande sucesso na Copa. O futebol que jogamos foi de alto nível e mostra o que queremos como uma nação futebolística. Foi uma jornada sensacional. Vamos procurar melhorar para as próximas oportunidades que tivermos – disse o espanhol após a Copa

Estilo ofensivo e história na Inglaterra
Martínez tem um estilo ofensivo de jogo que agrada ao Real Madrid. Na Copa, eliminou o Brasil, nas quartas de final, por 2 a 1 e surpreendeu por botar Lukaku na ponta e usar De Bruyne de falso 9. Como jogador não teve uma carreira de destaque e jogou em clubes pequenos da Espanha e Inglaterra.

Os primeiros trabalhos como treinador foram nos ex-clubes Swansea e Wigan. Martínez fez história ao conquistar a FA Cup, com o Wigan, em 2013/14. Na ocasião, venceu o Manchester City, de Tevez, Agüero e companhia, por 1 a 0, com um gol aos 46 minutos do segundo tempo. Com o título, ganhou notoriedade e foi anunciado como novo treinador do Everton, antes de assumir a Bélgica.

- Não vamos perder nosso tempo com isso... - disse Martínez, em entrevista ao programa de televisão belga 'VTM Nieuws", quando questionado sobre a possibilidade de ir para Madri.

Semelhanças com Lopetegui?
O espanhol tem experiência com clubes, mas nenhum com o tamanho e importância do Real Madrid. Com isso, tem uma perfil parecido com o de Lopetegui, se analisar a carreira. Antes de assumir o Real Madrid, Lopetegui era técnico da Espanha e também não teve uma carreira longa, nem treinou uma equipe do porte do clube espanhol, apesar de ter sido o treinador do Porto por duas temporadas.

Pochettino, ídolo do Tottenham
Não é a primeira vez que o Real Madrid quer Pochettino como treinador. Desejo antigo dos Merengues, o treinador argentino colocou o clube inglês no patamar que está hoje: disputando o topo da Premier League e participando de mais Liga dos Campeões. Pochettino tem uma relação forte com o clube londrino e foi sob seu comando que estrelas como Harry Kane e Dele Alli tiveram notoriedade.

Antes de treinar o Tottenham, Pochettino passou pelo Southampton e pelo Espanyol. Foi no clube catalão que o argentino passou boa parte de sua carreira como jogador. Foram 242 jogos, com 12 gols e uma assistência. Zagueiro, também vestiu as camisas do PSG e Bordeaux, além da seleção argentina pela qual disputou a Copa do Mundo de 2002.

Maurício Pochettino, como jogador do Espanyol
Pochettino com a camisa do Espanyol (Foto: Divulgação)
Real oferece dobro do salário
O Real Madrid também já foi especulado como um possível destino de Harry Kane. A vinda do treinador poderia, talvez, ajudar em um possível acerto, algo parecido com o que Martínez poderia fazer com Hazard. Pochettino renovou com os Spurs até 2023 e aumentou seu salário para 10 milhões de euros por ano (R$ 42 milhões).

O clube espanhol, porém, estaria oferecendo o dobro do salário: 20 milhões de euros por temporada (R$ 84 milhões). O argentino tem grande ligação com o Tottenham, mas nunca conquistou títulos. O desejo de triunfar no clube londrino pode ser um dos empecilhos do Real. Pochettino, inclusive, recusou a Argentina.

- Quando vejo que meu nome está sendo cotado me deixa muito honrado, mas tenho mais quatro anos de contrato aqui com o Tottenham e é inviável assumir a seleção argentina - afirmou o treinador.

Correm por fora
Antonio Conte também foi um dos nomes ventilados. A sua relação com Courtois e Hazard (desejo do Madrid), no Chelsea, foi muito ruim. Seu temperamento e trato com os jogadores foi motivo de críticas feitas por Sérgio Ramos, um dos maiores ídolos da história do Real e capitão da equipe. Com isso, a negociação com o italiano esfriou.

- O respeito se conquista, não se impõe. Ganhamos tudo com treinadores conhecidos. No final, a gestão do vestiário é mais importante que o conhecimento técnico de um treinador - disse Ramos 

Klopp era outro nome que o Real Madrid especulou antes mesmo de contratar Lopetegui. Identificado com o Liverpool, é difícil que o alemão deixe os Reds, e inclusive declarou que só deixaria o Liverpool quando conquistasse um título importante.

*sob supervisão de Leonardo Martins

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance