No último minuto, Chelsea arranca empate com United no Inglês
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo do Chelsea
2
 
-
 
2
Escudo Manchester United

No último minuto, Chelsea arranca empate com United no Inglês

Chelsea x Manchester United
Muita luta e bom futebol marcaram o clássico neste sábado (Foto: GLYN KIRK / AFP)
Cayo Pereira - 20/10/2018 - 10:29
Londres (ING)
Foi suado e com emoção até os minutos finais. O Chelsea penou mas conseguiu o empate por 2 a 2, no último lance da partida contra o Manchester United, na manhã deste sábado, em jogo válido pela nona rodada da Premier League. Rüdiger abriu o placar, Martial virou para o United e Ross Barkley, aos 51 minutos do segundo tempo, empatou para os Blues.

INÍCIO CAUTELOSO
Mesmo em melhor momento e atuando em seus domínios, o Chelsea não proporcionou perigo ao Manchester United nos primeiros quinze minutos de jogo. Os Blues tentaram conectar jogadas com seu craque, Eden Hazard, mas Nemanja Matic foi sua sombra e colou no belga, tanto que levou cartão amarelo por seguidas faltas.

CABEÇA BOA
Se pelo chão o Chelsea não criava, o jeito foi resolver no jogo aéreo. Em jogada trabalhada de escanteio, o brasileiro Willian colocou a bola com perfeição na área e Rüdiger, aproveitando falha de marcação de Pogba, testou firme para as redes, sem chances para De Gea e abriu o placar no Stamford Bridge.

POUCA INSPIRAÇÃO
Sem criatividade, o Manchester United falhou na tentativa de diminuir o prejuízo ainda na etapa inicial. Com apenas uma finalização, uma cabeçada errada de Lukaku, os Diabos Vermelhos sequer assustaram o goleiro Kepa Arrizabalaga, que não fez nenhuma defesa.

UM SOPRO DE ESPERANÇA
Para quem acabou o primeiro tempo sem levar perigo para o gol adversário, o United voltou como outro time para a etapa final. Os Red Devils foram para o ataque e um momento de pressão ofensiva, a bola rondou a grande área do Chelsea e Martial aproveitou o bate-rebate para igualar o placar no Stamford Bridge aos 10 minutos.

VIRADA NA CAMISA
Muito melhor em campo no segundo tempo, o United não estacionou o ônibus  e foi em busca da virada. Em jogada praticamente morta na direita, Mata não desistiu e ganhou a posse de bola. Entregou para Rashford, que achou Anthony Martial, o francês teve calma, dominou e chutou colocado no canto de Kepa para colocar os Diabos Vermelhos na frente do marcador.

JOGO FRENÉTICO
Após a virada do United, o Chelsea acordou e voltou para a partida. Na pressão, Hazard retornou ao jogo e chamou a responsabilidade de criar as chances de gol. Com os Blues prostrados ao ataque, os Diabos Vermelhos aproveitaram os espaços para a velocidade de seus pontas para assustar e pressionar a saída de bola de David Luiz e Rüdiger.

EMPATE NA RAÇA!
​No abafa, o Chelsea conseguiu se salvar da derrota, conquistar um ponto e manter a invencibilidade na Premier League. Após bola na área, David Luiz cabeceou na trave, Rüdiger no rebote obrigou De Gea a operar milagre e Barkley, na raça, marcou o gol salvador no último minuto de jogo.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance