Argentinos contestam o VAR, mas valorizam atuação contra o Chile
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Argentinos contestam o VAR, mas valorizam atuação contra o Chile

Argentina x Paraguai - Armani
Armani foi uma das boas notícias da Alviceleste nesta Copa América (Foto: AFP) 
LANCE! - 06/07/2019 - 18:58
São Paulo (SP)
Se disputas por terceiro lugar, muitas vezes, são marcadas por monotonia, este não foi o caso do duelo na Arena Corinthians, neste sábado. Em jogo nervoso, marcado por uma arbitragem ruim e a expulsão de Messi, a Argentina venceu o Chile por 2 a 1, em São Paulo, e ficou com a medalha de bronze da Copa América. O goleiro Armani, um dos destaques da Alviceleste no torneio, aprovou a atuação de sua equipe, mas contestou o uso do árbitro de vídeo. 

- Hoje foi um dia para esquecer toda a raiva e seguir mostrando o que dizemos outro dia, o que fizemos contra o Brasil. Fizemos uma boa partida e nos despedimos com uma vitória, que é o que queríamos. Mas é difícil entender o VAR. Se você olhar como foi usado nos outros jogos, você vê que foi injusto, mas é isso. Infelizmente, não se pode fazer nada - disse.


Aos 38 do primeiro tempo, Lionel Messi e Gary Medel foram expulsos após desentendimento, em uma decisão para lá de exagerada do paraguaio Mario Diaz. O camisa 10 argentino, menos agressivo do que o chileno na confusão, saiu de campo indignado, deixando a Argentina com um prejuízo maior que o do adversário. O VAR foi acionado, mas o juiz não mudou sua decisão. O Chile ainda teve um pênalti marcado com o auxílio do vídeo, convertido por Vidal. 

Quem também falou após o triunfo deste sábado foi Leandro Paredes, titular da seleção argentina em todos os jogos da competição. O camisa 5 comentou que a arbitragem se assemelhou à da partida contra o Brasil, mas valorizou o modo como a Alviceleste lidou com o cenário para vencer os chilenos. 

- Embora as mesmas coisas tenham acontecido com o Brasil, conseguimos nos concentrar e levar o jogo adiante. Temos jogadores prontos tanto para jogar futebol, como para brigar quando é preciso - disse. 


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance