Com Messi expulso e confusões, Argentina vence o Chile e garante o terceiro lugar na Copa América
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
Escudo - Argentina
2
 
-
 
1
Escudo - Chile

Com Messi expulso e confusões, Argentina vence o Chile e garante o terceiro lugar na Copa América

  •  Argentina x Chile - Comemoração
    A Argentina ficou com o terceiro lugar da Copa América, vencendo o Chile neste sábado. Confira a galeria do LANCE! (Foto: DOUGLAS MAGNO / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: Nelson ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Messi
    Argentina x Chile - Messi (Foto: Nelson ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Comemoração
    Argentina x Chile - Comemoração (Foto: Douglas MAGNO / AFP)
  •  Argentina x Chile - Medel
    Argentina x Chile - Medel (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Messi Expulso
    Argentina x Chile - Messi Expulso (Foto: Nelson ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Messi Expulso
    Argentina x Chile - Messi Expulso (Foto: EVARISTO SA / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: DOUGLAS MAGNO / AFP)
  •  Argentina x Chile - Messi Expulso
    Argentina x Chile - Messi Expulso (Foto: EVARISTO SA / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: MIGUEL SCHINCARIOL / AFP)
  •  Argentina x Chile - Dybala
    Argentina x Chile - Dybala (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Comemoração
    Argentina x Chile - Comemoração (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Comemoração
    Argentina x Chile - Comemoração (Foto: EVARISTO SA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Aguero
    Argentina x Chile - Aguero (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Comemoração
    Argentina x Chile - Comemoração (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)
  •  Argentina x Chile - Scaloni
    Argentina x Chile - Scaloni (Foto: DOUGLAS MAGNO / AFP)
  •  Argentina x Chile
    Argentina x Chile (Foto: EVARISTO SA / AFP)
David Nascimento - 06/07/2019 - 18:05
Rio de Janeiro (RJ)
E a Argentina ficou com a terceira colocação da Copa América. Na tarde deste sábado, na Arena Corinthians, em São Paulo, os hermanos derrotaram o Chile por 2 a 1 na disputa pela posição final da competição, em um jogo que acabou marcado por muita confusão e polêmica. Ambas as seleções terminaram o jogo com dez jogadores - no caso da Argentina, quem foi expulso foi Messi, de maneira injusta. Agüero e Dybala fizeram os gols da Albiceleste, enquanto Vidal, em pênalti marcado pelo árbitro de vídeo, descontou.

E MAIS:
HERMANOS FELIZES
A Argentina dominou o primeiro tempo, jogando nesta disputa pelo terceiro lugar tudo o que "esqueceu" até então de apresentar na Copa América. Os hermanos foram felizes e, bem rapidamente, construíram o 2 a 0, placar da etapa inicial, nos 21 minutos iniciais da partida. Primeiro foi aos 11, com Agüero, aproveitando cobrança de falta rápida de Messi - o fez com bola rolando, o que fez o gol ser irregular, mas por este tipo de situação não estar no protocolo do VAR, o gol foi validado de forma errada -, e depois com Dybala, em um bonito lance, após lançamento de Lo Celso.

AH, ÁRBITRO...
Em um clima acirrado e os ânimos mais do que elevados, os jogadores de Argentina e Chile começaram a se estranhar. As cenas lamentáveis passaram a ser mais vistas do que jogadas de gol... Primeiro, aos 25 minutos, mas o destaque ficou para outra confusão, aos 36: Medel e Messi brigaram e ambos foram expulsos, de forma direta, pelo árbitro Mario Díaz de Vivas, do Paraguai. Entretanto, um grande erro da arbitragem - o camisa 10 não reagiu, apenas se defendeu. Cartões vermelhos confirmados, fim de Copa América para Messi, que não era expulso desde 2005 - este foi o segundo vermelho direto da carreira.

VAR... PÊNALTI!
Na volta para o segundo tempo, com ambas as seleções tendo dez jogadores em campo, o Chile voltou mais disposto, mas foi a Argentina que criou a primeira chance - aos três minutos, em bate-rebate na grande área. Aos 10, o árbitro de vídeo entrou em ação e marcou pênalti para os chilenos - Aránguiz foi atingido na grande área por Lo Celso. Aos 13, Vidal foi para a cobrança e, em uma batida forte, converteu a penalidade, diminuindo o placar favorável para os hermanos: 2 a 1. Partida ganharia em emoção para a decisão de quem terminaria com o terceiro lugar da Copa América.

TERCEIRO LUGAR É ARGENTINO
Com o passar do segundo tempo, apesar de a seleção do Chile ter equilibrado um pouco as situações de jogo diante da Argentina, as chances efetivas de gol praticamente não apareciam. Junior Fernandes arriscou para os chilenos, Agüero duas vezes para os hermanos, mas ficou por isso mesmo. Vitória da Argentina por 2 a 1, festa pela confirmação do terceiro lugar da Copa América, enquanto o Chile ficou em quarto na competição. Diante das expectativas das atuações de ambas as partes, foi aquém do esperado o desempenho no torneio. Em 2020 tentam mais uma vez.

FICHA TÉCNICA
ARGENTINA 2 X 1 CHILE

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data/hora: 6/7/2019, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Mario Díaz de Vivas (PAR) - Nota LANCE!: 3,0 (Foi uma das piores arbitragens da Copa América: não controlou em nada o ânimo dos jogadores das duas seleções, errou no primeiro gol da Argentina e expulsou Messi de forma injusta)
Assistentes: Eduardo Cardozo (PAR) e Dario Gaona (PAR)
Árbitro de vídeo: Diego Haro (PER)
Público/renda: 41.573 pagantes/R$ 7.180.385,00
Cartões amarelos: Lo Celso, Paredes, Walter Samuel - auxiliar-técnico, Tagliafico (ARG) e Beausejour, Vidal, Pulgar, Isla (CHI)
Cartões vermelhos: Medel 36'/1ºT (CHI) e Messi 36'/1ºT (ARG)

GOLS: Agüero 11'/1ºT (1-0), Dybala 21'/1ºT (2-0) e Vidal 13'/2ºT (2-1)

ARGENTINA: Armani, Foyth, Pezzella, Otamendi e Tagliafico; De Paul, Paredes e Lo Celso (Funes Mori, 43'/2ºT); Messi, Dybala (Di María, 21'/2ºT) e Agüero (Matías Suárez, 36'/2ºT). Técnico: Lionel Scaloni.

CHILE: Arias, Isla, Medel, Jara (Maripán, 5'/2ºT), Paulo Díaz e Beausejour; Pulgar, Vidal, Aránguiz (Castillo, 37'/2ºT); Alexis Sánchez (Junior Fernandes, 16'/1ºT) e Eduardo Vargas. Técnico: Reinaldo Rueda.

Facebook Lance Twitter Lance