Com novo diretor e técnico, Flu começa nova Era no futebol do clube
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com novo diretor e técnico, Flu começa nova Era no futebol do clube

Paulo angioni x Marcelo oliveira
Paulo Angioni assume como diretor de futebol e Marcelo Oliveira como técnico (
LANCE! - 26/06/2018 - 06:20
Rio de Janeiro (RJ)
Uma virada de página! Depois de um período conturbado, em que o departamento de futebol sofreu um desmanche, com as saídas do CEO Marcus Vinicius, do diretor de futebol Paulo Autuori e do técnico Abel Braga, o Fluminense começa, nesta terça-feira, uma nova etapa. A partir da apresentação de Paulo Angioni e Marcelo Oliveira, novo diretor e treinador, respectivamente, o Tricolor espera afastar a má fase e reencontrar o caminho das vitórias.

A dupla chega com alguns desafios, como blindar o elenco dos problemas políticos e conseguir contornar o momento financeiro ruim - que tem feito salários atrasarem e a diretoria ir com cautela ao mercado, em busca de reforços.

No caso de Marcelo Oliveira, especificamente, há a questão do esquema tático. Desde o começo da temporada, Abel Braga preparou o elenco para atuar no 3-5-2, que não é muito utilizado no país. O próprio treinador, nas equipes em que conquistou os melhores resultados (Coritiba 2011/2012, Cruzeiro 2013/2014 e Palmeiras 2015), explorou um esquema que tinha uma linha de quatro jogadores na defesa e um meio que usava bem as alas.

No Coritiba de 2011, quando chegou à final da Copa do Brasil, usou 4-5-1, enquanto no ano seguinte, adotou mais o 4-4-2 e também disputou foi à decisão da competição nacional. No caso do Cruzeiro, quando foi bicampeão do Brasileiro, utilizou o 4-2-3-1, com algumas poucas variações entre as partidas. O mesmo aconteceu no Palmeiras, quando foi campeão da Copa do
Brasil de 2015.

O elenco enxuto pode dificultar um pouco qualquer mudança imediata. Com algumas posições mais carentes, como o meia de criação, que atualmente conta apenas com Sornoza, Oliveira, talvez, tenha de fazer algumas adaptações.

A chegada do comandante também poderá definir o futuro de algumas peças do grupo, como é o caso do zagueiro Nathan Ribeiro, que tem proposta do futebol japonês.

Trabalho na base

Ex-técnico do Sub-20 do Atlético-MG, o trabalho nas categorias de base e com jovens jogadores pesou para a diretoria na avaliação do nome de Marcelo Oliveira.

Com a palavra

Felipe Lucena - setorista de Palmeiras em 2015

Um título e muitas críticas no Palmeiras


"Marcelo Oliveira chegou ao Palmeiras cheio de moral em junho de 2015: era bicampeão brasileiro e reeditaria a parceria com o diretor Alexandre Mattos, com quem trabalhara no Cruzeiro. O início foi arrasador e, em poucos jogos, a equipe passou a disputar a liderança do Brasileirão.

Aos poucos, os elogios foram dando lugar às críticas. Marcelo era cobrado por insistir no esquema 4-2-3-1 e por não achar um substituto para o volante Gabriel, hoje no Corinthians, que machucou o joelho. O time foi caindo e terminou em nono lugar no Brasileirão, mas ao mesmo tempo ia avançando na Copa do Brasil... No fim, foi campeão com Matheus Sales jogando muito na vaga de Gabriel e Fernando Prass brilhando.

A alegria durou pouco. O time não deu liga no início de 2016, perdeu muitos jogos em casa e estava prestes a ser eliminado na fase de grupos da Libertadores quando a diretoria decidiu demitir o treinador. Cuca foi o seu substituto"


Remontagem do dep. de futebol

Maio de saídas


No dia 11 de maio, o Fluminense anunciou a saída do então CEO Marcus Vinicius, em comum acordo com o presidente Pedro Abad. No dia 28 do mesmo mês, o diretor de futebol Paulo Autuori deixou o Tricolor.

Adeus de Abel

Há dez dias, nova perda no departamento de futebol. O técnico Abel Braga, em conversa com a diretoria, comunicou que não seria mais o treinador do Fluminense

Desafio

O presidente Pedro Abad e o vice de futebol Fabiano Camargo tiveram de remontar o departamento de futebol antes de o elenco se reapresentar, o que acontece hoje.

Primeira peça

Há uma semana, Paulo Angioni foi anunciado como diretor de futebol. Uma das primeiras missões era a contratação de um novo treinador e fez contatos com Dorival Júnior e Zé Ricardo.

Chegou!

Na última sexta-feira, Marcelo Oliveira foi anunciado como novo treinador do Fluminense

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance