Conselho homologa candidatura de Lomba no Fla, mas mantém ressalvas
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Conselho homologa candidatura de Lomba no Fla, mas mantém ressalvas

Ricardo Lomba (Avança Mais, Flamengo)
(Foto: Divulgação)
LANCE! - 06/11/2018 - 21:30
Rio de Janeiro (RJ)
O Conselho de Administração do Flamengo decidiu, em reunião na Sede da Gávea na noite desta terça-feira, pela homologação da candidatura de Ricardo Lomba, atual vice-presidente de futebol e candidato à presidência pela Chapa Rosa. Porém, as ressalvas do CoAd em relação à candidatura foram mantidas. Candidaturas das chapas Amarela, Branca e Roxa também foram homologadas.

A informação foi, primeiramente, publicada pelo site do "Globo Esporte" e confirmada pelo LANCE!. A votação do Conselho foi apertada: 28 a 23 votos.

O pleito presidencial do clube da Gávea será realizado no dia 8 de dezembro. Concorrem ao cargo José Carlos Peruano (Chapa Amarela), Marcelo Vargas (Chapa Branca), Ricardo Lomba (Chapa Rosa) e Rodolfo Landim (Chapa Roxa).

Agora, a Chapa Rosa, seguindo os trâmites do clube, pode recorrer ao Conselho Deliberativo. Outro caminho para garantir a elegibilidade é ir à Justiça Comum. Ao "Globoesporte", o advogado Walter Monteiro comentou os próximos passos da defesa e disse que não pretende se afastar do cargo público se for eleito.

- A gente ainda vai refletir, a decisão é muito recente e ainda não conversei com o Lomba. A mensagem principal é que a candidatura está homologada. Era um risco, mas isso foi totalmente afastado. Ele é candidato e espero que seja eleito em dezembro - explicou Walter Monteiro, que defendeu o recuso de Lomba.

O Conselho Eleitoral do Rubro-Negro havia feito ressalvas à candidatura de Lomba pelo fato de ele ser fiscal da Receita Federal, o que poderia entrar em confronto com a lei federal que proíbe servidor público de "participar de gerência ou administração de sociedade privada, personificada ou não personificada, exercer o comércio, exceto na qualidade de acionista, cotista ou comanditário".

A Chapa Rosa, porém, alega que o Flamengo não se encaixa em tal descrição. Antes de assumir o cargo de vice de futebol, Lomba passou por um processo junto à Receita.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance