Corinthians repetirá escalação diante do Santo André: veja quem joga
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians repetirá escalação diante do Santo André: veja quem joga

Júnior Dutra
Júnior Dutra será titular do Corinthians novamente (Foto: Rodrigo Gazzanel/RM Sports)
Marcio Porto - 08/02/2018 - 18:55
São Paulo (SP)
O Corinthians que enfrentará o Santo André nesta sexta-feira em Santo André pelo Campeonato Paulista será o mesmo que iniciou contra o Novorizontino na última rodada. Nesta quinta, o técnico Fábio Carille fez um trabalho tático a definiu a escalação com os mesmos 11 da rodada passada. 

Carille confirmou que mantém Júnior Dutra no ataque no lugar de Kazim. O Corinthians jogará com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Juninho Capixaba; Gabriel; Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson; Júnior Dutra.

- Expectativa de passar toda a confiança para ele (Júnior Dutra), para ele ter uma sequência e a gente sair com a vitória - afirmou Carille.


Na atividade tática, Carille ensaiou jogadas de bola parada e ajustou o posicionamento da equipe. O Corinthians tem quatro vitórias e uma derrota no Paulistão e lidera o grupo A com 12 pontos, contra sete do Bragantino.

Carille concedeu entrevista coletiva e falou sobre diversos assuntos nesta quinta-feira. Confira os principais trechos sobre o time e outros aspectos:

Como fará no Carnaval?
Dormir bastante. Sou bem tranquilo, nunca gostei muito. De tumulto, essas coisas. Mas sou técnico do Corinthians... Vou ficar em casa tranquilo mesmo. Eu tenho um grupo muito consciente que sabe onde está. Tem alguns que gostam e acho que é o momento mesmo. Vamos treinar no sábado de manhã, mais para os jogadores que não vão jogar. Voltamos na segunda à tarde, prepara na terça. Não tem muito o que falar, mas a gente sabe quem é quem. E recuperamos na segunda.

Modelo de jogo

Desde a pré-temporada todos já chegaram com a ideia definida. Vinha trabalhando o 4-1-4-1. Vamos pegar uma equipe bem trabalhada pelo meu amigo Sérgio Soares, que joguei junto e foi meu treinador. Os resultados não estão vindo, mas a equipe tem força e são muito bem treinadas.

Testes com Danilo
A função do técnico é sempre dando ideias para o grupo. Posso fazer isso e pode não ser o Danilo. Pode ser o Mateus Vital. O Lucca. Lanço uma ideia e aquilo que o grupo mostrar, pode ser isso. Não quer dizer que será. A função do técnico é ir dando ideias. Usei dois meias, mas posso também terminar com dois volantes.

Deficiência de Juninho Capixaba na marcação
Vai aprender muito. Primeiro porque é interessado. Segundo, é jovem. Terceiro, sabe que tem de melhorar. Então intensifiquei muito com ele. No último jogo já foi melhor. Fagner em 2014 teve muita dificuldade, demorou sete, oito meses para entender. Hoje é difícil entrar pelo lado dele. E com Juninho será assim também.

Preocupação com o lado esquerdo por onde tem sofrido gols

Tenho tomado, mas também tenho feito, né? Já sabia dessa característica dele, ele é um meia de origem. Sabia da dificuldade. Lembro também que teve um lance contra o São Paulo que o Clayson não acompanhou o lateral. Mas faz parte, acho que em pouco tempo ele estará dominando bem a parte defensiva.

Lincoln, centroavante do Santo André
Quando você enfrenta jogadores assim, o mais importante não é o Lincoln. Mas os jogadores que estão por perto. Nossos jogadores têm de estar concentrados. Vai ser natural ele ganhar bolas, mas por isso temos de estar tentos. Passei isso para os jogadores, ele passou aqui com a gente em 2015, eles estão orientados.

E MAIS:



icone-carregar-comentCreated with Sketch.
CARREGAR COMENTÁRIOS
Facebook Lance Twitter Lance