Corinthians é condenado a pagar ação milionária a ex-zagueiro Chicão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians é condenado a pagar ação milionária a ex-zagueiro Chicão

Chicão (aposentado)
Ex-zagueiro Chicão, grande nome da história do Corinthians (Foto: Daniel Augusto Jr)
Marcio Porto - 08/02/2018 - 02:49
São Paulo (SP)
O Corinthians sofreu nesta semana nova derrota na Justiça em ação aberta pelo ex-zagueiro Chicão, em 2014. Um dos jogadores mais vencedores da história do clube, sendo inclusive campeão mundial em 2012, Chicão pleiteou valores sobre direito de arena. A quantia a ser paga fica entre R$ 1,5 milhão e R$ 2 milhões. 

A vitória de Chicão aconteceu no Tribunal Superior do Trabalho (TST), a última instância trabalhista - já havia vencido nas outras duas anteriores. Portanto, não cabe mais recurso nessa esfera. O Corinthians, porém, ainda não se dá por vencido. Em contato com a reportagem do LANCE! por assessoria de imprensa, o clube disse que está ciente do processo, mas ainda não o vê como finalizado. O departamento jurídico ainda pode tentar um recurso no Superior Tribunal Federal (STF). Chicão é representado pelo advogado João Henrique Chiminazzo.

"O Sport Club Corinthians Paulista tem conhecimento do processo em tramitação, que encontra-se em fase recursal, e tomará as providências cabíveis ao caso", informou o Corinthians por assessoria. 

Chicão jogou no Corinthians de 2008 a 2013. Na ação, ele cobrou a diferença de 5% para 20% no pagamento dos direitos de arena do período em que defendeu as cores do Timão. 

Segundo defensor com mais gols na história do Corinthians - marcou 42, atrás apenas de Grané, zagueiro e lateral-direito entre 1924 e 34, com 50, Chicão foi também um grande vencedor pelo clube. Foram oito títulos: Mundial de Clubes (2012),  Libertadores (2012), Brasileirão (2011), Recopa Sul-Americana (2013), Copa do Brasil (2009), Série B (2008) e bicampeonato paulista (2009 e 2013). Saiu em 2013 para jogar no Flamengo e passou ainda por Bahia e Delhi Dynamos, da Índia, onde encerrou a carreira em 2016, então com 35 anos.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance