Insatisfeito, Sampaoli assume falhas no empate do Galo com o Coelho
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Insatisfeito, Sampaoli assume falhas no empate do Galo com o Coelho

Coelho e Galo fizeram um jogo de bom nível na volta do Estadual de Minas
Coelho e Galo fizeram um jogo de bom nível na volta do Estadual de Minas-(Mourão Panda/América-MG)
Valinor Conteúdo - 26/07/2020 - 19:21
Belo Horizonte
O segundo jogo do técnico Jorge Sampaoli no Atlético-MG não agradou o treinador. Em sua coletiva, ele não deixou que as críticas chegassem ao seu elenco e chamou a responsabilidade para si pela piora do jogo atleticano no segundo tempo, permitindo o empate do América-MG no clássico deste domingo, 26 de julho, por 1 a 1.

O Galo fez um bom primeiro tempo, tendo as melhores chances de gol, mas na etapa final, o rendimento da equipe caiu muito, mesmo com o técnico promovendo mudanças no time. Todavia, Sampaoli fez apenas duas trocas, ao contrário de Lisca que usou bem a nova regra de cinco substituições, alterando o panorama da partida a favor do América.

-Primeiro tempo teve certo grau de produtividade. No segundo tempo, não controlamos a partida. Perdemos figuras e perdemos o controle, o que não nos deu a possibilidade de dominar o segundo tempo-disse o treinador argentino.


E MAIS:
Sampaoli tentou manter o bom nível do primeiro tempo e ainda investir mais no lado direito do ataque com Savarinho. Para isso, o treinador colocou Alan Franco na vaga de Hyoran e Léo Sena no lugar de Marquinhos, que estava pouco produtivo no lado esquerdo, apesar de ter dado o passe para o gol de Nathan. Com as mudanças, Marrony virou ponteiro pela esquerda e Nathan centroavante, sendo presa fácil da defesa americana.

-Faltou dominar(o América). As modificações têm a ver com dominação na metade do campo e elas não funcionaram. É responsabilidade do treinador se as modificações não funcionaram-disse. disse Sampaoli, que tentou ter o controle do jogo com as trocas.

-Tentei o melhor, o controle da metade do campo, com Nathan de falso 9 e dando profundidade a Marrony nas pontas. Penso que não estávamos bem para gerar (lances de perigo). Para além dos reforços, temos que ter diferentes tipos de organização que nos permita superar-completou.

O Galo terá de ajustar seu time já para quarta-feira, 29 de julho, diante do Patrocinense, no Mineirão. O alvinegro está com 19 pontos e uma derrota, mais vitória do Cruzeiro, pode eliminar o Atlético-MG das semifinais do Estadual.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance