Duplas brasileiras disputam na Rússia etapa da corrida olímpica
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Duplas brasileiras disputam na Rússia etapa da corrida olímpica

Maria Elisa e Carol são prata na etapa de Viena
Após prata em Viena, Carol e Maria Elisa buscam pontos na corrida olímpica em Moscou (Foto: Divulgação/FIVB)
LANCE! - 13/08/2019 - 16:41
Moscou (RUS)
As duplas brasileiras começam nesta quarta-feira mais um desafio pelo Circuito Mundial de vôlei de praia. Os times disputam a etapa quatro estrelas de Moscou (RUS), que vale pontos na corrida olímpica brasileira para Tóquio-2020. As partidas vão até domingo, com oito times brasileiros em ação.

São quatro equipes inscritas no naipe masculino. Três delas já estão classificadas à fase de grupos pela pontuação no ranking de entradas e entram em ação na quinta-feira: Alison/Álvaro Filho, André Stein/George e Evandro/Bruno Schmidt. Já Guto e Saymon disputam o classificatório nesta quarta-feira, precisando vencer um jogo eliminatórios para avançar.

No feminino, as três duplas brasileiras já garantidas à fase de grupos pelo ranking são Ana Patrícia/Rebecca, Ágatha/Duda e Carol Solberg/Maria Elisa. Já Talita/Taiana disputa o classificatório.

A fase de grupos em Moscou é composta por 32 times em cada naipe, divididos em oito chaves com quatro duplas. Após a disputa da primeira fase, os primeiros colocados vão direto às oitavas de final, enquanto os segundos e terceiros de cada grupo disputam uma rodada eliminatória anterior, da repescagem (Round 1). O torneio segue em formato eliminatório com oitavas, quartas, semifinais e disputas de bronze e ouro.

O Brasil possui ótimo retrospecto em etapas disputadas em Moscou. A cidade já recebeu 13 etapas no naipe masculino e 11 no naipe feminino, com sete medalhas de ouro, 11 de prata e seis de bronze para duplas brasileiras. Na temporada passada, Ágatha/Duda e o então time formado por Alison/André Stein levaram a prata na capital russa.

A competição em Moscou rende cerca de R$ 78 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 1,2 milhão em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 800 para os times vencedores (mesmo número para a corrida olímpica brasileira).


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance