Presidente do Vitória segue contrário a retorno rápido do futebol e faz crítica forte a Bolsonaro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Presidente do Vitória segue contrário a retorno rápido do futebol e faz crítica forte a Bolsonaro

Paulo Carneiro - Vitória
Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória
Futebol Latino - 15/05/2020 - 19:22
Salvador (BA)
Em entrevista dada para a Rádio Metrópole nessa sexta-feira (15), o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, disse que entregou uma solicitação as autoridades (Prefeitura de Salvador) para que o clube possa voltar aos treinos presenciais. Todavia, apesar disso, o mandatário não vê possibilidade de que as competições sejam retomadas no futebol brasileiro pensando à curto prazo.

Isso porque, em sua opinião, a curva de óbitos decorrentes do novo coronavírus segue crescente, o levando a pensar em datas posteriores ao mês de agosto:

- Antes de agosto não acontece nada. Se a curva está crescendo, tivemos 26 mortes num dia ontem. Como posso pensar em junho? Estamos em maio, não consigo pensar em junho.



O dirigente do Leão jamais escondeu que era apoiador do atual presidente Jair Bolsonaro, mas, quando comentou sobre a situação do Ministério da Saúde, o tom foi de crítica absoluta. Principalmente, ao abordar a saída do anterior ministro, Luiz Henrique Mandetta, que foi substituído pelo agora também ex-ministro Nelson Teich.

- Temos um país em que vivemos essa politicagem. O ministro da Saúde sai com a política e o presidente desqualifica o ministro publicamente. Por que não fez isso a portas fechadas e alinhar? Tudo era jogo político. O cara tinha 70% de aprovação, vamos tirar o cara e o povo paga essa conta. Defendi como nunca o atual presidente da República, mas não sou cego e nem fanático. Sou cidadão e esse cara é um louco furioso e tinha que internar - disse Carneiro.

O mandatário do Vitória também deixou claro durante a entrevista que não terá como comportar os atletas das categorias de base do clube na estrutura existente. Por isso, ele pontuou que sequer está pensando no funcionamento desse departamento no restante de 2020:

- A intenção minha é esquecer a base até dezembro. Não vai ter competição nenhuma enquanto não resolver questão de passagem e hospedagem. Tenho 70 meninos hospedados no clube, como vou hospedar lá? Além do curso de alimentação e tudo. Ficam em casa, pago o contrato de formação, mantenho os direitos federativos do clube, preservo os ativos e como fizemos um acordo com os empresários, permitindo pagamento de 30% da folha, reduzimos de forma importante.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance