Sem atuar desde julho, Michel pode passar por artroscopia e não jogar mais pelo Vasco

Sem atuar desde julho, Michel pode passar por artroscopia e não jogar mais pelo Vasco

Michel - Vasco
Michel fez sete jogos desde que chegou ao Vasco, mas enfrenta problemas no joelho esquerdo (Rafael Ribeiro/Vasco)
Felipe Melo e Felippe Rocha - 22/09/2021 - 16:52
Rio de Janeiro (RJ)
O volante Michel segue sem previsão de retorno aos gramados pelo Vasco. O jogador tem feito tratamento com a fisioterapia do clube no CT Moacyr Barbosa e uma artroscopia no joelho esquerdo está sendo avaliada pelo Departamento Médico. Como o contrato de empréstimo se encerra em novembro, a tendência é que ele não volte a jogar pelo Cruz-Maltino. A informação foi inicialmente divulgada pelo "Ge" e confirmada pelo LANCE!



Sem entrar em campo desde o dia 3 julho, o volante atuou como titular na vitória sobre o Confiança (SE), em São Januário, quando o time ainda era dirigido pelo técnico Marcelo Cabo. Ao sentir um desconforto muscular, ele foi substituído no intervalo. Ao longo desse tempo longe dos gramados, o jogador voltou a sentir dores no joelho esquerdo, operado no ano passado. 


+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Mesmo com o tratamento, o volante segue sentindo dores no local quando tenta realizar alguma atividade. Com isso, a possibilidade de uma artroscopia na região está sendo avaliada. Cabe destacar que o atleta pertence ao Grêmio e está emprestado até o fim de novembro. Para uma possível cirurgia, a decisão será em conjunto com os departamentos médicos de ambos os clubes. 

Na temporada passada, Michel foi emprestado ao Fortaleza no primeiro semestre, mas se lesionou e necessitou de uma operação. Na época, a cirurgia demorou a ser realizada em virtude da falta de leitos em hospitais no início da pandemia global de Covid-19. O procedimento aconteceu em agosto, e o volante retornou ao Grêmio.

+ Nene se tornou um dos 50 maiores artilheiros da história do Vasco. Relembre os gols do meia pelo Cruz-Maltino

Emprestado ao Vasco em maio de 2021,  Michel disputou sete partidas e mesmo com os problemas físicos, o clube não poderá devolvê-lo ao Tricolor Gaúcho por causa do contrato. A permanência do atleta tem um baixo custo para o Gigante da Colina, visto que o Grêmio paga boa parte do salário do atleta, que tem contrato até 2022 com a equipe gaúcha.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance