Ramon e os jovens atacantes: ao L!, técnico elogia, mas pede calma
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ramon e os jovens atacantes: ao L!, técnico elogia, mas pede calma

Montagem Vasco - Thalles Magno, Ramon e Vinícius Paiva
Talles virou destaque, Ramon foi efetivado e Vinícius ganhou espaço (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco; Reprodução/LANCE!)
Felippe Rocha - 31/07/2020 - 07:30
Rio de Janeiro (RJ)
O Vasco está no mercado em busca, dentre outras posições, de um atacante com características de ponta. Isso nem é novidade. Isso tampouco significa pouca confiança nos jogadores que, hoje, são titulares. Mas é o entendimento do departamento de futebol de que o calendário vai exigir mais experiência do que os 15 jogos de Campeonato Brasileiro que Vinícius e Talles Magno, juntos, têm até aqui.

O técnico do Cruz-Maltino, Ramon Menezes, explanou sobre os atuais titulares das pontas vascaínas durante o "De casa com o LANCE!" desta quinta-feira. Ponderou a pouca idade dos jogadores que comanda e os elogiou.

- O Vinícius já estava jogando esse ano e tem muita qualidade, está crescendo muito e é um jogador muito forte. Ele entendeu muito bem a função dele, a está fazendo de uma maneira brilhante e tem tudo para crescer ainda mais. O Vasco tem por característica lançar jogadores da base e temos vários exemplos. Mas temos que ter um cuidado muito grande porque são jogadores em processo de maturação. Não podemos jogar toda a responsabilidade neles - analisou Ramon, que concluiu:

- O Vinicius nunca jogou uma partida de Brasileiro e o Talles só jogou 11 (na verdade, 15. São 12 como titular). Ele tem suporte do grupo, com essa mescla de jogadores experientes também, e de outros jovens que, hoje, são referência dentro do grupo. O Vasco vai colher frutos daqui a pouco com todos esses jogadores - projetou o treinador, durante a live.

Do lado esquerdo, Talles Magno foi a mais feliz revelação do Vasco no ano passado. Nesta temporada, já passou a ser referência. E Ramon concorda que, em 2020, ele já é mais visado.

- Talles ainda é um menino, tem 17 anos. No ano passado, quando foi lançado, foi muito bem. Tem muito talento e qualidade, é um jogador que, em 11 jogos (12) como titular que fez ano passado, mostrou muita qualidade técnica e fez grandes jogos. Mas é um garoto. É lógico que, mesmo sendo uma realidade, ainda está num processo de maturação. Ele precisa evoluir, está em processo de crescimento e de entender que, nesse momento, até mesmo os marcadores olham diferente, vai ter dobra. Talvez ele tenha um pouco mais de dificuldade e ele sentiu isso no Carioca - admite o treinador, que era auxiliar-técnico à época. E lembrou da fratura de Talles Magno no pé esquerdo, durante o Carnaval.

- Ele teve uma lesão, ficou um tempo parado, teve a pandemia também, mas o protocolo em cima do Talles era que ele fizesse 45 minutos (por jogo), mas ele fez mais que isso. Ele se encontra em um estágio acima do que esperávamos. Se ele colocar em campo toda a qualidade que tem, ele vai nos ajudar muito. É isso que a torcida do Vasco e nós esperamos dele - exaltou Ramon.

Guilherme Parede
O atacante Guilherme Parede, vinculado ao Talleres (ARG), negocia com o Vasco. O treinador observa qualidades no jogador parelhas à de Vinícius e Talles Magno.

- É um jogador interessante, que joga no lado do campo e sabe fazer gols. Se pegar outro aspecto dele no Inter e Talleres, ele tem muita movimentação e é inteligente. Se vier, ele vai nos ajudar muito - resumiu, sem se aprofundar, justificando que a negociação não foi concluída.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance