Marquinho ou Marcos Júnior como titular: o que dizem os números?
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Marquinho ou Marcos Júnior como titular: o que dizem os números?

Montagem Vasco
Marquinho chegou ao Vasco em junho; Marcos Júnior, logo após o Campeonato Estadual (Rafael Ribeiro/Vasco)
Felippe Rocha - 07/08/2019 - 07:45
Rio de Janeiro (RJ)
Marquinho já começou no Vasco como titular. Primeiro como "falso nove", depois como meio-campista. Nesta função, o sacado do time titular foi Marcos Júnior. Desde então, são três partidas e um debate feito pela torcida cruz-maltina, que critica o meia e pede o retorno do volante ao 11 inicial. Mas o que dizem os números?

Em dois dos três jogos com Marquinho mais recuado, Marcos Júnior o substituiu. Antes da pausa no calendário do Campeonato Brasileiro, o ex-jogador do Bangu havia atuado em quatro partidas. Mas na comparação dos jogos mais recentes, contra CSA e Palmeiras, alguns números são equilibrados, mas outros pendem para o lado do atleta de 24 anos.

No último domingo, a substituição foi feita no intervalo, então os concorrentes estiveram em campo durante praticamente o mesmo tempo. Marcos Júnior acertou 25 passes, errou três e executou dois desarmes; contra 17 passes certos de Marquinho, que não errou no fundamento, mas também não roubou bolas. O jogador de 33 anos finalizou uma vez corretamente e duas para longe do gol. O volante o fez por uma ocasião, para fora.



E MAIS:
No duelo anterior, contra o Palmeiras, a substituição foi feita aos 13 minutos do segundo tempo, logo Marquinho atuou por mais tempo. O número de desarmes dos postulantes foi o mesmo: dois. Marcos Júnior cometeu três faltas e sofreu duas, enquanto Marquinho fez duas e recebeu uma. Quanto a lançamentos, um para cada lado.

Ainda contra o time paulista, o meia acertou 14 passes e errou um; o volante acertou 11 e não cometeu erros do tipo. Os dados são do FootStats, e mostram que Marcos Júnior aparece em mais áreas do campo do que Marquinho. Tais dados, porém, podem refletir uma eventual orientação de Luxemburgo, possivelmente orientando o titular a ficar mais conectado ao lado esquerdo.

São características, acertos e erros distintos para cada jogador. O Vasco faz mais quatro treinos antes de enfrentar o Goiás. Tempo de o treinador decidir quais virtudes vai querer para o início do jogo.

Facebook Lance Twitter Lance