A arrancada começou? Vasco supera jogador a menos e polêmicas do VAR para vencer o Brusque fora de casa

A arrancada começou? Vasco supera jogador a menos e polêmicas do VAR para vencer o Brusque fora de casa

Felippe Rocha - 24/09/2021 - 23:32
Brusque (SC)
Novamente o Vasco sofreu. Desta vez, porém, o time resistiu à pressão do adversário e aos problemas com a arbitragem para sair com a vitória sobre o Brusque na noite desta sexta-feira, fora de casa, pela Série B do Brasileirão. O 1 a 0 no Estádio Augusto Bauer significou a primeira vitória de Fernando Diniz à frente do Cruz-Maltino. E pode representar o início da arrancada rumo à Série A do Campeonato Brasileiro. Nene fez o gol e Vanderlei foi o outro herói para o resultado.

+ Veja a classificação da Série B e os próximos jogos da competição


VASCO SALVO PELO VAR

O Vasco tentou se impor, mas foi o Brusque quem gerou perigo primeiro: aos quatro minutos, Nonato chutou de longe e Vanderlei só olhou a bola ir para fora. No minuto seguinte, após escanteio e bate-rebate, o mesmo Nonato completou para o gol. Só que depois de quatro minutos de checagem, o VAR observou impedimento.

POLÊMICAS E MAIS POLÊMICAS
O Cruz-Maltino tinha muita dificuldade de transformar a maior posse de bola em chances. Em todo o primeiro tempo, a melhor oportunidade foi quando Nene cobrou falta da direita, aos 38 minutos, e Ricardo Graça cabeceou para fora. Pior para o time visitante que Léo Matos foi expulso por uma dividida polêmico, após auxílio do VAR. Isso já aos 43. E pouco depois teve outro gol do Brusque anulado por impedimento.

Brusque x Vasco
Nene fez o gol da vitória do Cruz-Maltino (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
O NOME DO MILAGRE
O cenário parecia complicado para o Vasco no início do segundo tempo.. Mas aos dez minutos, com um jogador a menos, uma jogada salvadora: Zeca lançou Nene na área, e o meia-atacante chutou de primeira, marcando um golaço aos dez minutos. Naturalmente, o Quadricolor tentaria a pressão. De longe, de perto... Aos 23, Toty cabeceou sozinho e Vanderlei precisou se esticar para defender. Três minutos depois, Toty (novamente) finalizou. Ricardo Graça se jogou e evitou o gol.

NA PRESSÃO
Na reta final do jogo, Ricardo Graça cruzou, Marquinhos Gabriel chutou da entrada da área e o goleiro mandou para escanteio. Na jogada seguinte, Marquinhos completou escanteio com um chute de fora da área. Ruan Carneiro pegou de novo. Mas Vanderlei precisou salvar o Vasco novamente nos acréscimos, após finalização de Edu.

FICHA TÉCNICA
BRUSQUE 0 X 1 VASCO


Estádio: Augusto Bauer, em Brusque (SC)
Data e hora: 24 de setembro de 2021, às 21h30
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: Adriano Milczvski (DF)
Cartões amarelos: Éverton Alemão, Zé Mateus (BRU); Vanderlei, Nene e Fernando Diniz (VAS)
Cartão vermelho: Léo Matos (VAS)
Renda e público: 707 pagantes/R$ 46.667,00

GOL: Nene (aos 10'/2ºT 0-1)

BRUSQUE: Ruan Carneiro, Toty (Toni, 34'/2ºT), Claudinho (Ianson, 47'/2ºT), Éverton Alemão e Airton; Rodolfo Potiguar e Nonato (Edilson, 17'/2ºT); Zé Mateus, Jhon Cley (Diego Mathias, 17'/2ºT) e Garcez (Fio, 34'/2ºT); Edu - Técnico: Waguinho Dias.

VASCO: Vanderlei, Léo Matos, Ricardo Graça, Leandro Castan e Zeca; Bruno Gomes; Morato (Walber, 8'/2ºT), Marquinhos Gabriel, Nene e Gabriel Pec (Romulo, 29'/2ºT); Cano (Daniel Amorim, 29'/2ºT) - Técnico: Fernando Diniz.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance