Bruno César admite 'dívida', revela conselho de Ramon para seguir no Vasco e se diz 'consciente' para ajudar
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Bruno César admite 'dívida', revela conselho de Ramon para seguir no Vasco e se diz 'consciente' para ajudar

LANCE! - 25/06/2020 - 21:44
Rio de Janeiro (RJ)
Depois da reintegração, a participação numa transmissão da Vasco TV: definitivamente, Bruno César está de volta aos planos do Vasco. O meia que deverá ser o responsável maior por municiar o ataque cruz-maltino a partir deste domingo, contra o Macaé, ficou afastado no futebol pré-pandemia, quase não jogou no segundo semestre do ano passado, mas tem a confiança do atual comandante da equipe.

- Ele me ajudou bastante no ano passado. Pude conversar com ele (Ramon Menezes), ele vem me ajudando bastante. Alguns clubes me procuraram quando eu estava afastado e algumas coisas que ele falou foram para eu não ir. Que meu momento ia chegar. Não tenho o que falar dele, pelo tanto que ele fez no futebol. Agora, numa nova função, com tudo que ele passou, viveu e fez no futebol está tentando ajudar. Certeza que vai ser um grande treinador, como foi como treinador. Tem um carisma muito grande com o grupo. Vai dar certo - acredita Bruno César, conforme declarou durante transmissão da Vasco TV, na noite desta quinta-feira.

Jogo treino - Vasco - Bruno César
Bruno César deverá ser o meia que faltava no time cruz-maltino (Rafael Ribeiro/Vasco)

Hoje com 31 anos, Bruno chegou ao Vasco como a grande contratação para a temporada passada, mas não era dos jogadores mais utilizados pelo time de Vanderlei Luxemburgo, que teve o melhor desempenho em 2019. Este ano, ainda em janeiro soube que não fazia parte dos planos. Dono de um dos maiores salários do grupo, ele teve que fazer um acordo que envolveu redução salarial e diluição das dívidas por salários atrasados, mesmo sendo ele de uma posição carente no grupo.

- A gente sabe que torcedor cobra bastante, mas ele cobra das pessoas que têm essa qualidade. Fico feliz. Ano passado foi atípico, diferente, complicado principalmente para mim, voltando da Europa depois de muito tempo, de adaptação. Certeza que essa ano vai ser completamente diferente. Fiquei afastado três meses, depois veio a pandemia do COVID-19. Estou voltando mais forte, mais consciente de que eu preciso ajudar o Vasco. Fico feliz de estar tendo essa oportunidade, essa segunda chance. Não são todos. Estou muito feliz e muito motivado - garante.

Em diferentes momentos da transmissão, Bruno César citou o técnico Ramon Menezes, que o treinava no período afastado. Agora, com o ex-meia no comando da comissão técnica, Bruno entende que o longo período de inatividade vai ficar para trás.

- Claro que foi um ano bastante complicado, de adaptação. No futebol, temos que estar sempre adaptados quando precisam de você. Tive uma conversa muito boa com o Ramon. Ele disse que contava comigo e que só dependia de mim para mudar esse ano que passou. Ele confiou bastante em mim, tanto que pude treinar esses três meses que fiquei parado, bastante, para me apresentar. Claro que são completamente diferentes os treinos nossos (em casa) do que num clube. Não são apenas três meses para mim. São seis meses, pelo afastamento. Pude voltar melhor do que cheguei no ano passado. Já estou adaptado e estou muito tranquilo - afirma.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance