Do 999º ao milésimo: relembre a saga final de Romário rumo à glória
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Do 999º ao milésimo: relembre a saga final de Romário rumo à glória

Romário milésimo gol
O milésimo gol de Romário foi marcado de pênalti, assim como o de Pelé (Foto:Reprodução)
Felippe Rocha - 20/05/2020 - 17:07
Rio de Janeiro (RJ)
Há 13 anos Romário chegava ao milésimo gol na carreira. Em São Januário, o pênalti com bola para um lado e o goleiro Magrão, do Sport, para o outro, se tornou eterno. Neste 20 de maio, o próprio Vasco lembrou o feito do Baixinho, estrela da equipe naquele 2007. Mas do 999º até chegar àquele gol houve muita emoção. Relembre:

25/3 - Pela Taça Rio, o Vasco venceu o Flamengo por 3 a 0. Então com 998, Romário marcou o terceiro. Antes, Abedi e Leandro Amaral balançaram as redes do Maracanã.

28/3 - Já numa fase da carreira em que os 41 anos lhe faziam jogar, habitualmente, uma vez por semana, o centroavante acabava escolhendo quais jogos disputar. O 0 x 0 com o Americano, em São Januário, também pelo Campeonato Carioca, ele viu das cadeiras sociais da Colina Histórica.



1/4 - Aquele Dia da Mentira caiu num verdadeiro domingo. Romário não estaria fora. Mas o Vasco pouco fez diante do Botafogo de Dodô e companhia. Lúcio Flávio e Túlio marcaram naquele 2 a 0.

4/4 - Era quarta-feira, segunda fase da Copa do Brasil. O Maracanã como palco e o Gama como adversário. O Baixinho estava em campo. Mas o Cruz-Maltino decepcionou os presentes com uma derrota e a eliminação precoce após empate no primeiro jogo. Romário foi discreto naquela ocasião. Renato empatou aos 15 minutos para o Vasco depois de Rodrigo Ninja abrir o placar antes dos dois. Nos acréscimos do segundo tempo, Marcelo Uberaba definiu a classificação da equipe de Brasília.

8/4 - Após atuar em dois jogos seguidos, Romário não entrou em campo contra a Cabofriense, na Região dos Lagos. Mas nem por isso deixou de ser assunto. Ele e Leandro Amaral, então companheiro de ataque, trocaram farpas via imprensa. Mesmo com Leandro em campo, o Vasco perdeu.

11/4 - Já pela semifinal da Taça Rio, o Vasco entrou em campo novamente contra o Botafogo. Mas também com a expectativa do milésimo do gol de Romário, presente e pela continuidade das atividades - o time fora eliminado na Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro ainda não havia começado. Naquela quarta-feira, um 4 a 4 emocionante desde a saída de bola teve um gol do Cruz-Maltino em que a bola quase tocou no Baixinho, mas acabou entrando antes. Decisão nos pênaltis, Vasco eliminado e só voltaria a campo mais de um mês depois.

13/5 - A estreia do Vasco no Campeonato Brasileiro foi contra o América-RN, fora de casa. Romário não viajou, mas o time de São Januário venceu por 1 a 0. Gol de Leandro Amaral.

20/5 - Enfim o grande dia. Segunda rodada do Campeonato Brasileiro, Romário começa a partida e o adversário era um Sport que mostrava muitas fragilidades defensivas. André Dias havia marcado dois, Luciano Henrique descontaria no fim, mas quando foi marcado um pênalti para o Vasco até o Domingão do Faustão foi interrompido para o Brasil inteiro assistir ao milésimo gol do atacante considerado um dos maiores jogadores de todos os tempos.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance