Tite explica etapas de convocação, justifica escolhas e elogia Neymar
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Tite explica etapas de convocação, justifica escolhas e elogia Neymar

Convocação Seleção Brasileira - Tite
Tite fez sua primeira lista para o novo ciclo de Mundial (Foto: Pedro Martins / MoWA Press)
Bernardo Cruz - 17/08/2018 - 15:30
Rio de Janeiro (RJ)
O técnico Tite, como esperado, promoveu uma lista repleta de novidades. Além da presença de um atleta sub-20 (o goleiro Hugo, do Flamengo), algo que será rotineiro nas próximas convocações, o técnico chamou dez jogadores que não estavam presentes no Mundial da Rússia.

- Procuro ser educado e ético, mas não politicamente correto. Eu começo a olhar por essa ótica. O Fabinho tem seis Champions. Dedé arrebentou contra o Flamengo, está em um ótimo momento. Arthur, por si só, havia sido convocado. O Andreas (Pereiras) foi muito utilizado na base, tem dupla cidadania. Ele belga, os pais brasileiros. Jogando no United em alto nível. É o momento para a oportunidade  - declarou o treinador, justificando algumas escolhas feitas nesta lista.


Oportunidades e observações serão, inclusive, a tônica desta e das próximas duas convocações que Tite fará até o fim do ano. O objetivo é muito claro no curto prazo: a Copa América do ano que vem, que será disputada no Brasil.

- Nessa primeira fase será maior a oportunidade. No ano que vem, será de preparação para a Copa América. E depois, logicamente, vem o processo maior que são as Eliminatórias e, consequentemente, a disputa da Copa do Mundo de 2022. Vamos aproveitar este primeiro momento para observar e dá oportunidades para alguns jogadores - declarou o treinador, que fez questão de valorizar o grupo que esteve com ele na Rússia.

- Quando perde, perde todos. Mas foi um grupo que me entregou performance. O resultado, em dados momentos, não acontecem. Mas jamais faria julgamento ou entregaria a cabeça de alguém após um resultado adverso - disse o treinador.


Sobre Neymar, muito criticado por algumas atitudes durante o Mundial, Tite foi só elogios ao seu principal jogador.

- Neymar tem uma possibilidade muito grande de crescimento. Ele é top3. Tem a capacidade de ser lúcido e escolher o caminho correto quando tivemos contato com ele. O atleta tem que seguir e decidir seu rumo - finalizou.

O Brasil encara os Estados Unidos, no dia 7 de setembro, em Nova Jérsei. Já no dia 11 será a vez de encarar o El Salvador, em Washington.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance