Rogério Ceni é reverenciado em reencontro com torcida do São Paulo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Rogério Ceni é reverenciado em reencontro com torcida do São Paulo

Torcida São Paulo Pacaembu
Torcida do São Paulo reverenciou Ceni neste sábado (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Fellipe Lucena - 05/10/2019 - 19:56
São Paulo (SP)
Rogério Ceni foi reverenciado pela torcida do São Paulo neste sábado, no Pacaembu, onde o seu Fortaleza foi derrotado por 2 a 1. Os são-paulinos já deram demonstrações de carinho pelo Mito incontáveis vezes durante a trajetória dele, mas nunca na condição de adversário e visitante.

Os primeiros aplausos foram ouvidos quando o sistema de som do Estádio Municipal o anunciou como treinador do Fortaleza. Quando o ídolo entrou em campo, o público se levantou, bateu palmas e lembrou do grito que foi cantado por muitos anos: "p... que pariu, é o melhor goleiro do Brasil, Rogério!".



Na arquibancada, a Dragões da Real ergueu um bandeirão com a imagem de Ceni. Uma outra bandeira, com o desenho do Mito já na condição de técnico, também foi exibida pelos tricolores - ela fez parte do mosaico que a torcida do Fortaleza fez para homenageá-lo no jogo entre os dois clubes no primeiro turno, vencido pelos paulistas por 1 a 0. Uma outra faixa trazia o rosto do ex-goleiro e os dizeres "obrigado por tanto".

Antes de a bola rolar, Rogério foi até Fernando Diniz, em quem deu um demorado abraço, e recebeu cumprimentos de praticamente todos os jogadores do São Paulo à beira do campo.

Pela primeira vez na vida, ele comemorou um gol sofrido pelo São Paulo. Wellington Paulista, cobrando pênalti, foi o autor. A sensação de sofrer um gol do clube que defendeu como atleta por mais de 25 anos ele já conhecia do primeiro turno.


Facebook Lance Twitter Lance