Ousadia de Aguirre foi determinante para o São Paulo liderar o Brasileirão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ousadia de Aguirre foi determinante para o São Paulo liderar o Brasileirão

São Paulo x Vasco
Decisões de Aguirre foram determinantes para a vitória do São Paulo (Rodrigo Gazzanel/RM Sports)
Yago Rudá - 06/08/2018 - 06:35
São Paulo (SP)
A vitória do São Paulo diante do Vasco, por 2 a 1, e a consequente liderança do Tricolor no Campeonato Brasileiro teve interferência direta do técnico Diego Aguirre. Percebendo a dificuldade de sua equipe para atacar no segundo tempo da partida, o treinador tomou uma decisão ousada e sacou Diego Souza e Nenê para colocar dois centroavantes.

Depois de sair na frente do Vasco com apenas um minuto de jogo, o São Paulo não conseguiu desempenhar um bom futebol. Com Nenê pouco inspirado e Diego Souza bem marcado pela zaga carioca, o Tricolor veio o Cruz-maltino crescer no segundo tempo, empatar a partida e quase virar o marcador.

Ciente do problema, Aguirre tomou uma decisão arriscada ao colocar Tréllez e Gonzalo Carneiro para a parte final do segundo tempo. Com dois centroavantes altos, o São Paulo se mandou para o ataque e ficou exposto, principalmente no meio de campo. O Vasco poderia ter ganhado a partida, mas o atacante colombiano do Tricolor decidiu a partida.

- As trocas fazem parte do meu trabalho. Tenho que buscar alternativas quando as coisas não estão como eu gostaria. Tanto Diego como Nenê ajudam muito o time, mas senti que eles estavam um pouco sem energia. Tínhamos que mudar alguma coisa, dar mais ritmo e deu certo por conta do gol. Sobretudo porque pressionaram. O São Paulo voltou a controlar o jogo, mas quando você recebe um gol, isso impacta. Tem um lado emocional que pode afetar. Sofremos um golpe e o Vasco cresceu e controlou a partida por alguns minutos - explicou Aguirre após o duelo.

Para um time que almeja ser campeão é necessário ousar e correr riscos em determinadas partidas. O São Paulo tem um sistema de jogo definido e nem sempre vai arriscar tanto perante seus adversários. Jogando em casa e com a possibilidade de assumir a liderança do Brasileirão, a decisão da comissão técnica não poderia ser outra que não a de mandar o time para frente.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance