Fernando Diniz elogia Luan e analisa vitória do São Paulo no clássico
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Fernando Diniz elogia Luan e analisa vitória do São Paulo no clássico

Luan - São Paulo
Volante foi titular na vitória por 2 a 0 sobre o Palmeiras neste sábado (Foto: Divulgação/ São Paulo)
LANCE! - 10/10/2020 - 22:52
São Paulo (SP)
O técnico Fernando Diniz ganhou mais um pouco de fôlego após a importante vitória sobre o Palmeiras, no clássico que aconteceu neste sábado à noite, válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, o São Paulo teve um jogo de controle e, por isso, conseguiu o triunfo por 2 a 0.

- Hoje foi uma partida muito equilibrada. Fez as transições como deveria ter feito, em sua maioria, se defendeu bem e teve um jogo de controle, que é a característica principal do time, de uma maneira muito plena, com poucos erros, então foi um time que me agradou bastante – iniciou ele, que aproveitou para elogiar o volante Luan:

- É um jogador diferente do ano passado, é um jogador que sempre teve esse equilíbrio defensivo, então a gente sabia que iria ganhar isso com a presença dele, mas hoje ele é muito mais do que isso. É um jogador com muito recurso técnico, que acho que foi subestimado na transição para a equipe profissional, por ter essa marcação forte, mas é um jogador que joga em um nível muito alto tecnicamente. Então, esse tempo e esse ano serviram para que ele fosse adquirindo confiança no próprio jogo dele de construção. Ele fez uma partida excelente hoje, tanto na construção quanto no equilíbrio defensivo. Ele sabe ler o espaço defensivo do time – complementou.


E MAIS:
Antes do jogo contra o Atlético-GO, Luan só havia atuado no clássico contra o Santos, no dia 12 de setembro. No entanto, na sua ausência, Tchê Tchê foi um dos jogadores utilizados e também foi enaltecido pelo treinador.

- Não existe uma formação ideal. Acho que a gente tem que ir melhorando o time. Um parênteses: contra o Inter a gente jogou com o Tchê Tchê na função do Luan e também foi superequilibrado, só que a gente não sabe por que as bolas não entram. Contra o Santos também. A gente teve partidas antes da pandemia, o time também estava equilibrado. O Luan, de fato, traz esse equilíbrio, mas a gente fez grandes partidas com o Tchê Tchê na função, e hoje ele jogando em outra posição também foi muito bem, muito dinâmico, conseguiu dar muita mobilidade para o time, foi presente na parte tática no meio, no ataque e na defesa, assim como os outros jogadores que participaram hoje – finalizou.

Com os três pontos conquistados diante do Palmeiras, o Tricolor subiu para a terceira posição da tabela do Brasileirão, com 26 pontos conquistados. No próximo sábado, recebe o Grêmio no Morumbi, às 21h, mas, antes disso, encara o Fortaleza na quarta-feira, pela Copa do Brasil.


Facebook Lance Twitter Lance